21.3 C
Vitória
domingo, 23 janeiro, 2022

Café é apreendido após Ales receber denúncia

Aação foi realizada pela Delegacia de Defesa do Consumidor e Comissão de Agricultura da Ales. Foto: Divulgação (Ales)

A denúncia foi recebida pela Comissão de Agricultura da Ales. A ação foi realizada em supermercados da Grande Vitória

Por Josué de Oliveira

Após receber a denúncia na Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) a Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor realizou uma ação para combater irregularidades no comércio de café nos supermercados da Grande Vitória.

O pedido de fiscalização foi feito pela presidente da Comissão, deputada Janete de Sá. Segundo a denúncia, algumas marcas de café estariam sendo comercializadas sem atender padrões de qualidade.

“Não podemos aceitar que o consumidor adquira um produto sem qualidade, fora dos padrões exigidos, além do impacto negativo que essas marcas geram no setor de café”, declarou Janete.

Oito estabelecimentos comerciais foram fiscalizados nos bairros Gaivotas, Aribiri, Alecrim e Porto Novo, em Vila Velha; Porto de Santana e São Francisco, em Cariacica; e Barcelona, na Serra.

A ação foi comandada pelo delegado Eduardo Passamani, titular da Delegacia do Consumidor, localizada na Ales.

Segundo ele, todas essas três marcas apresentavam uma mistura de casca e pau em quantidade elevada, o que fazia com que o consumidor fosse induzido a erro.

“Além disso, outras irregularidades também foram encontradas e, diante dessa situação, nós retiramos cautelarmente as três marcas do mercado. Oito estabelecimentos foram fiscalizados e pouco mais de 28 mil unidades desses cafés foram apreendidas”, relatou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade