23.3 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Cabines de pedágio da 3ª Ponte são retiradas após fim da cobrança

Pelas redes sociais, o governador Renato Casagrande disse que em breve as estruturas da Rodovia do Sol, em Guarapari, serão demolidas

Por Kebim Tamanini

Na manhã desta segunda-feira (17), foi dado o pontapé inicial para a demolição das cabines de pedágio na Terceira Ponte, após seis meses do fim da cobrança. A ação visa não apenas remover estruturas obsoletas, mas também tranquilizar os motoristas quanto ao futuro das tarifas. Em breve, a mesma medida será aplicada na praça de pedágio da Rodovia do Sol, localizada em Guarapari.

- Continua após a publicidade -

“Para não deixar dúvidas sobre o fim da cobrança de pedágio, começaremos pela Terceira Ponte e, em seguida, nas próximas semanas, na Rodovia do Sol em Guarapari”, afirmou o governador Renato Casagrande, reforçando seu compromisso através das redes sociais.

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Renato Casagrande (@casagrande_es)

Durante o período de seis meses sem cobrança, o receio sobre a volta das taxas persistiu entre os condutores, especialmente enquanto as estruturas ainda estavam presentes. A mobilização de operários que pintaram as cabines na Praça de Pedágio na Enseada do Suá, em março deste ano, deixou os motoristas em alerta, com muitos temendo o retorno da cobrança tanto na Terceira Ponte quanto na Rodovia do Sol, suspensa desde o final de 2023.

Conforme anunciado anteriormente pelo governador, a cobertura das cabines será utilizada em um projeto arquitetônico para melhorar a experiência dos motoristas ao chegarem à capital. O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, destacou que “a remoção das cabines faz parte de um projeto mais amplo de reorganização viária da área”.

É importante salientar que desde o término do contrato com a antiga concessionária em dezembro do ano passado, a gestão das vias, incluindo a Terceira Ponte e a Rodovia do Sol/ES-060, passou a ser exclusivamente responsabilidade do Estado, por meio da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES).

Radares na Terceira Ponte?

Recentemente, o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) contratou, por meio de licitação, uma empresa para operar os radares nas rodovias estaduais, os quais estavam paralisados desde abril, após o término do contrato com a antiga empresa fornecedora. Além dos 160 aparelhos de fiscalização espalhados pelas rodovias estaduais, o governador anunciou que em breve outros seis equipamentos serão instalados na Terceira Ponte.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA