24.4 C
Vitória
sábado, 4 dezembro, 2021

Bruno Funchal é o novo secretário do Tesouro Nacional

Escolhido pelo ministro da Economia Paulo Guedes, o ex-secretário de Estado da Fazenda ocupa o cargo deixado por Mansueto Almeida

O capixaba Bruno Funchal é o novo secretário do Tesouro Nacional. Ele assume o posto nesta segunda-feira (15), após Mansuetto Almeida anunciar que deixaria o cargo neste fim de semana.

Funchal é ex-secretário de Estado da Fazenda, no governo Paulo Hartung, e ganhou protagonismo como diretor de Programa da pasta, o por com diversas articulações no governo federal para calibrar o pacote de ajuda financeira aos municípios e Estados diante a pandemia do novo coronavírus.

Ele e a equipe econômica liderada por Guedes, verificou, após estudos, que a medida poderia ser considerada uma “pauta-bomba”, pois as despesas poderiam superar R$ 200 bilhões.

A escolha do ministro da Economia sinaliza, também, a possibilidade de estreitar o diálogo com o Congresso Nacional nas pautas econômicas. Como o Programa Mais Brasil, um conjunto de medidas anunciadas em novembro do ano passado.

O novo secretário é o segundo capixaba a assumir o posto. A ex-secretária de Fazenda do Estado do Espírito Santo, Ana Paula Vescovi, assumiu o posto, permanecendo nele por dois anos consecutivos.

Saída

O atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, já dava sinais de que gostaria de sair do governo, mas foi convencido pela equipe econômica a permanecer. Mas, na última semana, ele conversou com Guedes uma forma de viabilizar sua saída.

Ele assumiu a função no último ano do governo Michel Temer (2016-2018). Antes, foi secretário de Acompanhamento Econômico e de Acompanhamento Fiscal do então Ministério da Fazenda, na gestão Henrique Meirelles (2016-2018).

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade