19.9 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Brasil encerra colheita da soja 2023/24, diz Conab

Já a colheita da primeira safra de milho alcançou, no País, 88,1% da área plantada, avanço de 2,9 pontos porcentuais na semana

A colheita da safra brasileira de soja 2023/24 foi concluída no Brasil, informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em levantamento semanal de progresso de safra. Na semana passada, havia 99,9% da área colhida e, até o domingo, 16, os trabalhos de campo foram concluídos nos 12 Estados produtores da oleaginosa – Tocantins, Maranhão, Piauí, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Já a colheita da primeira safra de milho alcançou, no País, 88,1% da área plantada, avanço de 2,9 pontos porcentuais na semana e alta de 0,1 ponto porcentual entre as temporadas. São Paulo, Goiás, Paraná e Santa Catarina já concluíram a colheita. O Rio Grande do Sul retirou 97% do cereal do campo, avanço de 2 pontos porcentuais ante a semana passada e porcentual idêntico em relação a igual período do ano passado.

- Continua após a publicidade -

A colheita de milho de segunda safra 2023/24 atingia 13,1% da área, avanço de 5,6 pontos porcentuais em relação à semana passada e de 7,8 pontos porcentuais ante igual período do ano passado. Mato Grosso está com a colheita mais adiantada, com 18,1% da área ceifada. Em seguida, vêm Paraná, com 13%; Tocantins e Mato Grosso do Sul, ambos com 10%. Apenas o Piauí ainda não iniciou a colheita.

A colheita das lavouras de arroz alcançava 99,8% da área prevista, avanço de 0,6 ponto porcentual em uma semana e porcentual idêntico a igual período do ano passado. O Rio Grande do Sul, além de Mato Grosso e Santa Catarina, já concluíram a colheita. Restam Tocantins (com 99% da área colhida); Maranhão (98%) e Goiás (99,5%).

A colheita de algodão 2023/24 alcançava, até o domingo, 3,1% da área plantada, avanço de 1,4 ponto porcentual na semana e 1,6 ponto porcentual à frente de 2022/23. Minas Gerais lidera o ranking, com 11% da área colhida, seguido por Mato Grosso do Sul, com 9%. Bahia tinha 7% da área ceifada e Goiás, 5%. Maranhão havia retirado do campo 2% e Mato Grosso, 1,9%. O único Estado que ainda não iniciou os trabalhos foi o Piauí.

Quanto à safra de inverno 2023/24, a Conab informou que o plantio de trigo alcançou 56,4% da área estimada até domingo, avanço de 9,6 pontos porcentuais na semana e atraso de 4,6 pontos porcentuais na comparação com a temporada passada. Minas Gerais, São Paulo, Bahia e Mato Grosso do Sul já concluíram os trabalhos. Goiás, em seguida, plantou 99% da área prevista; Paraná, 82% e Rio Grande do Sul, 25%. Santa Catarina semeou 1% da área prevista. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA