24.9 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

Bovespa continua caindo e dólar aumenta consideravelmente

Até o momento, o índice da bolsa caiu 8%. Já o dólar alcançou R$ 5,20 nesta quarta-feira (18)

Em meio a temores da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), o mercado financeiro está sendo impactado. O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em forte queda nesta quarta-feira (18).

Até o momento, a bolsa perdeu o patamar de 70 mil pontos, acompanhando os mercados globais, que caminha de acordo com as medidas adotadas pelos governos a fim de evitar uma recessão global.

Às 12h15, o Ibovespa caía 9,65%, a 67.418 pontos. Mais cedo, chegou a cair quase 9%. Já o dólar opera em alta e bateu pela 1ª vez R$ 5,08, chegando a R$ 5,20 (comercial).

Impactos no Brasil

Segundo o Banco UBS, a projeção de aumento do PIB brasileiro será de apenas 0,5%, diferente dos 1,3% calculado anteriormente. Desta forma, o governo federal deve tomar uma medida importante: pedir ao Congresso Nacional para reconhecer estado de calamidade pública em razão da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência, se for reconhecido o estado de calamidade, a União não precisará cumprir a meta fiscal prevista para 2020. O orçamento deste ano, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, admite déficit fiscal de até R$ 124,1 bilhões nas contas públicas.

Taxa Selic

A expectativa é de que também tenha corte de juros. Nesta quarta-feira (18), a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciará  a nova taxa básica de juros, às 18h. Segundo especialistas, as apostas do mercado será de um corte mais forte na Selic, atualmente em 4,25%.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade