Bombeiros encontram corpo nos destroços de edifício em São Paulo

Prédio de 26 andares em chamas desaba no centro de São Paulo (Rovena Rosa/Agência Brasil).

O prédio era ocupado por famílias sem-teto e foi atingido por um incêndio na madrugada do dia 1º de maio

Os bombeiros localizaram o segundo corpo das vítimas do desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no centro da capital paulista. As buscas por vítimas eram realizadas no início da manhã desta terça-feira (8).  O corpo encontrado estava carbonizado e aparenta ser de uma criança.

As equipes continuam escavando o local onde o corpo foi encontrado pela chance de encontrar outras vítimas. Há a possibilidade de que essa criança seja um dos gêmeos que moravam com a mãe no edifício. O outro corpo já retirado foi de Ricardo Pinheiro. As informações são da Agência Brasil.

O desabamento do prédio Wilson Paes de Almeida ocorreu na madrugada de terça-feira (1º). O edifício estava localizado no Largo do Paisandu, no Centro de São Paulo. O acidente deixou várias famílias desalojadas e ainda há buscas por desaparecidos.

Os bombeiros consideram, agora, que seis pessoas possam estar ainda sob os escombros. A Defesa Civil, por sua vez, conta como desaparecidas 72 pessoas. São aquelas que ainda não se apresentaram às autoridades e constavam como moradoras do edifício no último levantamento feito pela prefeitura antes de o prédio ruir. No entanto, isso não significa que todas elas estivessem no local no momento da tragédia.

Os bombeiros também informaram o nome de outra vítima desaparecida, Francisco Lemos Dantas, de 56 anos, morador do 8º andar. Ele está sendo procurado por familiares.

Conteúdo Publicitário