Biblioteca municipal de Cachoeiro é reaberta

(Fotografia - Divulgação/PMCI)

Realizada pela prefeitura como parte da programação da festa da cidade, a cerimônia contou com a presença do prefeito Victor Coelho e de diversas autoridades

A Biblioteca Pública Municipal “Major Walter dos Santos Paiva”, de Cachoeiro, foi reaberta nesta quarta-feira (26), na Casa da Memória, na solenidade de entrega da reforma do imóvel, localizado na rua 25 de Março, Centro.

O extenso e variado acervo de 15 mil livros, que inclui clássicos da literatura brasileira e estrangeira, lançamentos e sucessos contemporâneos, obras de autores capixabas e também livros didáticos, está de novo à disposição da população no espaço cultural, que recebeu substituição de telhas, reposição de forro, repintura da parte externa e do interior do prédio e novas instalações elétricas. Além disso, o mobiliário, como mesas, cadeiras e a estantes expositoras das obras, também passaram por manutenção.

Na cerimônia, a secretária de Cultura e Turismo de Cachoeiro, Fernanda Martins, agradeceu o empenho de todos que trabalharam pela renovação do local e expressou a satisfação de proporcionar o retorno dos serviços bibliotecários do maior acervo do município ao público.

“Faltam palavras para expressar a alegria deste momento. Sou muito grata a todos que nos ajudaram e se esforçaram para tornar esse momento possível, pois nós temos de nos unir para construir o que a cidade precisa. Sempre com o pensamento na coletividade”, ressaltou.

“Mais uma ocasião marcante para a história de Cachoeiro, pois recuperamos um prédio público de extrema importância para o município”, expressou o prefeito Victor Coelho, em sua fala. Ele também fez um agradecimento às equipes responsáveis pela restauração.

Acompanhada do neto, que estava encantado com a quantidade de livros, dona Celedyr Argeu Moraes salienta a felicidade da reabertura da Biblioteca Municipal na Casa da Memória e reforça a importância dos livros na vida da população, especialmente, das crianças. “Hoje, com a tecnologia, as pessoas estão deixando de sentir o gostinho do livro físico, do contato com as páginas. É compreensível que sejam outros tempos, mas os livros não podem ficar apenas na memória. E aqui, nesse lugar, as crianças e adultos terão a oportunidade de conhecer obras incríveis”, disse.

Apoio à Academia Cachoeirense de Letras

Um dos espaços na renovada Casa da Memória agora é reservado às atividades da Academia Cachoeirense de Letras (ACL).

“Nós nunca tivemos um local tão aprazível, tão agradável como essa seção que nos foi cedida, dentro da Biblioteca Pública. A Academia tem mais de 50 anos de existência e sinto que, finalmente, ela tem o seu espaço. Isso nos deixa muito felizes”, comemorou a presidente da ACL, Marilene Depes.

Atividades culturais

Além da reabertura da Biblioteca Pública Major Walter dos Santos Paiva, outras atividades culturais foram promovidas em comemoração à restauração da Casa da Memória.

Ao longo do dia, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) organizou contação de história com a atriz Brenda Perim e apresentação de números artísticos de alunos do projeto Novos Talentos, desenvolvido pela Semcult, com oferta oficinas gratuitas de violão e canto e coral.


LEIA TAMBÉM

Conteúdo Publicitário