22.1 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto, 2022

Banestes: 02 novas linhas de crédito para microempresas

As linhas atenderão empresas que precisam de recursos que fogem o definido nas normativas para microcrédito. Foto: Secom/Governo do Estado

Uma das linhas permite contratação de até R$ 150 mil e a outra de até R$ 300 mil, ambas começam a operar em fevereiro

Novidades para os micro e pequenos empreendedores. O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) vai operar duas novas linhas de crédito a partir de fevereiro. Elas atenderão empresas que necessitam de recursos que extrapolam as características definidas em normativos para microcrédito (faturamento anual de até R$ 360 mil e/ou valor contratado acima de R$ 21 mil).

Os empresários poderão contar com taxas de juros reduzidas e receberão o atendimento e orientação dos agentes de crédito dos municípios capixabas. A ideia é apoiar as empresas na retomada do crescimento e do desenvolvimento econômico do Estado.

As linhas de crédito serão viabilizadas por meio do programa Acelera ES, desenvolvido em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes), que vai ofertar as linhas “Capital de Giro Acelera” e “Crédito Investimento Acelera”.

Sobre o Programa

Para a linha Capital de Giro Acelera, a taxa de juros pré-fixada é a partir de 1,60% ao mês, com possibilidade de contratações de até R$ 150 mil, prazo de até 36 meses, com carência de até 180 dias (seis meses). E na linha Crédito Investimento Acelera, a taxa de juros pré-fixada praticada é a partir de 1,85% ao mês, com valor máximo de contratação de até R$ 300 mil, prazo de até 72 meses e carência máxima também de 180 dias. As linhas também serão operadas por meio do Programa Crédito Para Empreender da Aderes, que também opera o Nossocrédito.

Retomada da Economia

Segundo o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho, o Programa Acelera é mais uma oferta de crédito da Aderes em conjunto com o Banestes para a micro e pequena empresa. A proposta desse novo programa é contribuir para o crescimento dos pequenos negócios, a ampliação da sua atuação no mercado, além de permitir que possam recuperar o que foi perdido no período da pandemia.

Os empresários poderão contar com taxas de juros reduzidas. Foto: Secom/Governo do Estado

“O Acelera é mais uma ação do Governo do Estado do Espírito Santo para permitir o desenvolvimento dos pequenos negócios, pós-período pandêmico com a finalidade de retomada da economia. O Programa Acelera é como o nome diz, é uma proposta que o governador Renato Casagrande coloca no mercado para acelerar a economia dos pequenos negócios”, explicou Alberto Gavini.

Para o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, a expansão do Programa reforça ainda mais a sua relevância no Espírito Santo e também no cenário nacional. “Somos uma referência nacional em operações de microcrédito, e a ampliação na oferta de crédito é mais uma comprovação do impacto positivo, tanto em âmbito econômico quanto social, que é gerado”, destacou Amarildo Casagrande.

Mais informações

As micro, pequenas e médias empresas interessadas em contratar uma das linhas de crédito deverão, como primeiro passo, procurar os agentes de crédito do município em que reside. As informações adicionais e de contato dos agentes de crédito estão disponíveis no site www.aderes.es.gov.br. As equipes da Rede de Agências Banestes também estão à disposição da população capixaba.

Conheça as linhas de crédito:

Capital de Giro Acelera

– Público: empresas que necessitam de recursos que extrapolam as características definidas em normativos para microcrédito (faturamento anual superior a R$ 360 mil e/ou valor contratado acima de R$ 21 mil).
– Valor para contratações: até R$ 150 mil.
– Taxas pré-fixadas a partir de 1,60% ao mês ou pós-fixadas de CDI + 0,74% a.m. até CDI + 2,00% a.m.
– Prazo máximo de 36 meses incluindo até 06 (seis) meses de carência (30+6).

Crédito Investimento Acelera

– Público: empresas que necessitam de recursos que extrapolam as características definidas em normativos para microcrédito (faturamento anual superior a R$ 360 mil e/ou valor contratado acima de R$ 21 mil).
– Valor para contratações: até R$ 300 mil.
– Taxas pré-fixadas a partir de 1,85% ao mês ou pós-fixadas de CDI + 0,94% a.m. até CDI + 2,00% a.m.
– Prazo máximo de 72 meses incluindo até 06 (seis) meses de carência (72+6).

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade