26 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto, 2022

Baixas temperaturas podem oferecer risco à saúde; saiba quais

esbrasil-problemas-saude-baixas-temperaturas
A melhor maneira de evitar as lesões pelo frio é a prevenção. Por isso, é importante saber reconhecer o problema rapidamente, pelos seus sinais e sintomas - Foto: Reprodução/Freepik

As pessoas acostumadas com o calor, como a maioria dos capixabas, são as que mais podem sofrer com as baixas temperaturas 

Por Wesley Ribeiro 

Para esta segunda-feira, 27 de junho de 2022, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou aviso de perigo (alerta amarelo) para as baixas temperaturas previstas para o Espírito Santo. As quedas podem ser de 3 a 5 graus, em 76 das 78 cidades capixabas, “com leve risco à saúde”. As lesões por frio e hipotermia são as mais perigosas.  

Mais quais seriam esses riscos? De acordo com o site do Doutor Drauzio Varella, principalmente as pessoas acostumadas com o calor, como a maioria dos capixabas, podem sofrer bastante com as baixas temperaturas.

O médico explica que as baixas temperaturas provocam um fenômeno chamado vasoconstrição dos capilares, pequenos vasos sanguíneos que existem sob a pele e chegam aos tecidos mais profundos.

Esses vasos têm uma delgada camada muscular capaz de contrair e relaxar de acordo com a necessidade metabólica ou diante de estímulos externos e internos.

No caso da exposição ao frio, a vasoconstrição ocorre para evitar a perda excessiva de calor e manter a temperatura corporal estável.

Capixabas: vem mais frio por aí!

Frostbite

Entretanto, a falta de proteção adequada às baixas temperaturas pode fazer com que o fenômeno seja tão intenso a ponto de impedir a circulação normal do sangue em determinadas regiões (perfusão tecidual insuficiente), principalmente as mais distantes do centro do corpo.

Em situações extremas, os capilares chegam a congelar – microcristais de gelo podem formar-se em seu interior. Esse evento recebe o nome em inglês de frostbite. As expressões em português que melhor o descrevem são “lesão pelo frio” ou “ulcerações pelo frio”, mas normalmente é usado o próprio termo em inglês.

A melhor maneira de evitar as lesões pelo frio é a prevenção. Por isso, é importante saber reconhecer o problema rapidamente, pelos seus sinais e sintomas.

Hipotermia

Outro problema grave associado à exposição ao frio é a hipotermia, ou seja, a redução da temperatura do corpo ao ponto em que o funcionamento normal do organismo fica prejudicado.

Ela ocorre quando a perda de calor é maior que o que o organismo é capaz de produzir. Considera-se que a hipotermia está instalada quando a temperatura corporal é menor que 35°C.

Varella, explica que as pessoas que apresentam hipotermia leve, ou seja, somente a sensação de frio e os tremores, respondem melhor ao tratamento mais simples: abrigo aquecido e alimentação aquecida.

É muito importante não oferecer bebidas alcoólicas para os pacientes com hipotermia. Apesar de o álcool promover algum grau de vasodilatação periférica e sensação de calor, nessa situação é provável que ele na verdade aumente a perda de calor e agrave o problema.

Com informações do site do Drauzio Varella. 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade