24.9 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

Bailarino capixaba lança vídeodança sobre ansiedade pandêmica

Espetáculo gratuito passará pelos palcos virtuais de cinco cidades do Espírito Santo

A arte pode ser um refúgio nos piores momentos. Um ano após a morte de seu pai, o coreógrafo capixaba Marcelo Oliveira, lança o espetáculo “Desabafo – recortes pandêmicos”, que passa de maneira virtual entre os dias 09 e 30 de julho pelas cidades de São Mateus (09/07), Mucurici (17/07), Montanha (20/07), Vitória (22 e 23/07) e Jaguaré (30/07), todas no Espírito Santo. A apresentação traz questionamentos sobre ansiedade e lida com a importância da manutenção da saúde mental. O projeto também contempla debates e oficinas, promovidas de forma online via YouTube e pela plataforma Zoom.

Criado pelo artista, intérprete, coreógrafo, professor de dança, produtor e ativista cultural, Marcelo Oliveira, o espetáculo Desabafo é uma forma de acesso positivo para lidar com os problemas gerados durante o período de isolamento social, que se estende por mais de um ano.

“A base gestual do espetáculo, assim como a concepção artística, advém das pesquisas em torno das cobranças do dia a dia em acertar e cumprir metas pré-estabelecidas por uma sociedade, e que geram nos nossos corpos um estado latente de ansiedade, tornando pessoas tendencialmente inseguras e instáveis, vítimas de uma aflição que castra a possibilidade da ação e instaura sensações de pânico, medo e outras.”, define Marcelo.

O principal objetivo do espetáculo itinerante é disponibilizar de forma gratuita atividades artísticas para públicos em situação de vulnerabilidade. A ideia é estimular a formação de plateia ao dialogar com outras localidades sobre as produções de dança. Além de, claro, propiciar visibilidade para os artistas capixabas.

Desabafo - Mariana Garcia
Foto: Divulgação – Mariana Garcia

Em cena, o bailarino Marcelo Oliveira demonstra por meio de sua performance corporal os sintomas da ansiedade e destaca pontos importantes de como enfrentar os males do transtorno que mais ataca os brasileiros: segundo a OMS são quase 19 milhões de brasileiros diagnosticados.

O bailarino Marcelo Oliveira é professor de dança na Prefeitura de São Mateus e leciona para mais de 210 alunos, onde desenvolve seu trabalho de pesquisa que envolve saúde mental dentro da prática da dança. Também atua como produtor cultural, idealizador do projeto C.R.I.A (Coletivo Regional de Iniciação Artística) que fornece aos jovens cursos de formação e iniciação artística dentro do audiovisual. Mais de 25 artistas locais de áreas distintas foram contemplados pelo coletivo CRIA, com projetos já realizados e que entrarão em exibição em programações diferentes. O projeto é sediado em região geográfica ribeirinha às margens do Cricaré (ES), impactando diretamente na transformação de perspectiva do local contando com ficha eclética e extensa de realizações.

O espetáculo Desabafo teve sua estreia nos palcos de São Mateus em 2019, tendo sido apresentado também em Salvador (BA), Feira de Santana (BA) e Linhares (ES). As fotos de divulgação são de Mariana Garcia, enquanto a produção, concepção, direção e interpretação são de Marcelo Oliveira. A transmissão do espetáculo fica por conta dos videomakers Alif Ferreira e Gabriel Moura, que contarão com sonoplastia, iluminação e contra-regra por Carlos Barbosa. Produção local: Emilly Bonomo, Fabricio de Jesus Santos, Thiago Igo Rodrigues da Silva e Vitória Felicio Dornelas.

Acompanhe o espetáculo Desabafo nas redes da Belas artes projetos culturais: pelo Instagram do Belas artes e site Coletivo Cria

Com informações da assessoria de Belas artes 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade