21 C
Vitória
terça-feira, 16 agosto, 2022

Aumento da conta de energia elétrica na mira da Assembleia

A comissão de Defesa do Consumidor se reuniu nesta segunda-feira. Foto: Divulgação (Ales)

Os deputados propuzeram fazer uma fiscalização em conjunto com o Ipem e a Delegacia do Consumidor da Ales

Por Josué de Oliveira

Os deputados estaduais da Comissão de Defesa do Consumidor realizaram, nesta segunda-feira, uma reunião para avaliar reclamações de moradores sobre o aumento na conta de energia elétrica.

A fiscalização vai acontecer após reclamações apresentadas por moradores sobre o aumento no valor da fatura após a instalação do sistema de medição BT Zero, feito pela EDP em bairros da Serra.

A fiscalização será feita com o Instituto de Pesos e Medidas do ES (Ipem) e a Delegacia do Consumidor.

De acordo com depoimentos recebidos na Comissão, há casos em que a conta de energia passou de R$ 300 para mais de R$ 800 depois que o BT Zero foi instalado.

O gerente operacional da EDP, Bruno Mendonça, fez algumas ponderações e citou o impacto da vigência da bandeira de escassez hídrica nas contas deste ano, o que acabou encarecendo as contas.

Além disso, lembrou que os períodos de fevereiro e março foram muito quentes e, mesmo sem alterar o hábito de consumo, é possível ter havido aumento na conta.

“Às vezes a leitura pode ter acontecido com 28 dias, 32 dias, de acordo com período que o leiturista passou”, afirmou.

Ele disse também que os equipamentos instalados não apresentaram problema de medição (são todos metrologicamente certificados e homologados pelo Inmetro).

O presidente da comissão, deputado Vandinho Leite, disse que  é importante fazer esse trabalho in loco e avaliar tecnicamente as reclamações.

O tucano lembrou que esse processo não é agora de março e sim do fim do ano passado, antes “dessa crise mais pesada” da bandeira vermelha. “Naquele caso, pelo que acompanhei, os moradores estão com a razão”, finalizou.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade