Guichê de atendimento exclusivo para mulheres na Casa do Cidadão

Atendimento na Casa do Cidadão para produção de documentos pessoais. - Foto: Elizabeth Nader

O guichê exclusivo terá atendimento das 12 às 17 horas, em Maruípe, Vitória

As mulheres terão atendimento exclusivo no Centro Integrado de Cidadania (CIC) Zumbi dos Palmares, mais conhecido com Casa do Cidadão, em Maruípe, Vitória. A iniciativa faz parte da programação pelo fim da violência contra a mulher.

Nesta quarta-feira (21), será ofertado um guichê exclusivo para a emissão das carteiras de Identidade e Trabalho, das 12 às 17 horas. Além disso, outras iniciativas serão realizadas até o dia 10 de dezembro.

A ação está sendo desenvolvida pela Secretaria Municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid) de Vitória.

Outras ações

Hoje, ainda, o Parque Pedra da Cebola, na Mata da Praia, haverá uma edição do grupo de estudos “Obirin”, que debaterá temas voltados para o enfrentamento à violência doméstica e o empoderamento da mulher negra. O encontro será realizado a partir das 18 horas.

E a partir das 13h30 será realizada uma oficina de teatro na Casa da Juventude. Quem tiver interesse é só comparecer ao espaço para participar da atividade. Não é necessário fazer inscrição.

Confira a programação pelo fim da violência contra a mulher:

21 de novembro
Atendimento exclusivo às mulheres para emissão de documentos na Casa do Cidadão, das 12 às 17 horas
Obirin – Grupo de Estudos Mulheres Negras no Parque Pedra da Cebola, às 18 horas
Oficina de teatro na Casa da Juventude, às 13h30

22 de novembro
Bate-papo na feira livre da Praia do Canto, das 8 às 12 horas
Grupo de Jovens Mães e Gestantes sobre violência contra a mulher negra, às 14 horas

23 de novembro
Ações integradas “Maria da Penha Vai” em Jardim da Penha, das 19 às 22 horas
Atendimento prioritário para mulheres no Sine de Vitória, das 8h às 16h30

25 de novembro
Bate-papo na feira livre de Gurigica, das 8 às 12 horas
Apresentações de dança e poesia e barracas de empreendedoras no Parque Moscoso, a partir das 13 horas

26 de novembro
Roda de conversa “Direitos da Mulher e Prevenção à Violência” no Cras de Maruípe, às 13 horas

27 de novembro
Bate-papo na feira livre do Bairro República, das 8 às 12 horas
Roda de conversa “Direitos da Mulher e Prevenção à Violência” no Cras de Consolação, às 9 horas

28 de novembro
Oficina de teatro na Casa da Juventude, às 13h30
Grupo de dança Odomodê na Fafi, às 14 horas
Intercâmbio de musicalidade e ancestralidade no Mucane, das 16 às 21 horas
Feira Mulher e Arte no Mercado São Sebastião, das 17h às 22h30, com palestra de Paula Breder para o Grupo de Mulheres Artesãs

29 de novembro
Roda de conversa “Direitos da Mulher e Prevenção à Violência” no Cras de São Pedro I, às 9 horas
Grupo de Jovens Mães e Gestantes sobre violência contra a mulher negra no Odomodê, às 14 horas
Grupo de Estudos Mandela no Odomodê/Edição Minas, às 14 horas

30 de novembro
Simpósio Municipal sobre Enfrentamento às Violências contra as Mulheres e os Impactos do Racismo, no auditório Rosa Maria Paranhos (CCS-Ufes), às 8 horas
Projeto Boca a Boca/Edição Minas na praça Costa Pereira, às 19 horas
Atendimento prioritário às mulheres no Sine, das 8h às 16h30

1º de dezembro
Bate-papo na feira no Bairro República, das 8 às 12 horas

4 de dezembro
Cine LGBT: Feminismo e suas Interseções na praça de Jardim da Penha, às 17 horas

5 de dezembro
Ação Mulher no Telecentro do CEU em São Pedrom, às 12 horas
Oficina de teatro para mulheres na Casa da Juventude, às 13h30
Grupo de dança Odomodê na Fafi, às 14 horas
Feira Mulher e Arte no Mercado São Sebastião, das 17h às 22h30

6 de dezembro
Debate sobre diversidade: “Mulheres lésbicas, bissexuais e trans na luta contra a violência”, na praça Ubaldo Ramalhete, às 19 horas

9 de dezembro
Bate-papo na feira da Vila Rubim, das 8 às 12 horas

10 de dezembro
Roda de conversa “Direitos da Mulher e Prevenção à Violência no Cras de Maruípe”, às 13 horas
Ato público “70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos: Resistir e (re)existir!” na praça Costa Pereira, promovido pelo Conselho de Direitos Humanos de Vitória, das 9 às 12 horas.

 

Conteúdo Publicitário