Atendado na Somália deixa 215 mortos e 350 feridos

Atentado na Somália
Foto: Agência EFE

Dois caminhões-bomba explodiram próximo a hotel e ponto comercial de vendedores ambulantes.

Um ataque terrorista matou pelo menos 215 pessoas na capital da Somália no último sábado (14). Dois caminhões-bomba explodiram e, além dos mortos, feriu 350 pessoas.

A maioria dos mortos era de civis. Muitos deles trabalhavam como vendedores ambulantes em uma das ruas mais movimentadas da cidade de Mogadíscio. O ataque aconteceu próximo a um importante hotel. Segundo o portal de notícias local Radio Garowe, um importante funcionário do Ministério do Comércio é uma das vítimas.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha confirmou, em um comunicado, que quatro de seus colaboradores locais morreram no atentado.

O presidente de Somália, Mohamed Abdullahi Farmajo, decretou três dias de luto. Ele fez um apelo urgente à população para doar sangue aos hospitais porque muitos estão sem condições de atender os feridos.

ONU condena atentado

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, condenou o atentado jihadista e pediu que o país se una contra o terrorismo. As informações são da EFE.

Guterres pediu, nesse domingo (16), “a todos os somalis que se unam à luta contra o terrorismo e o extremismo violento”.

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome