Mais nomes confirmados na equipe de Casagrande

Tyago Hoffmann, Rodrigo de Paula, vice-governadora eleita Jacqueline Rocha, governador eleito Renato Casagrande, Roberto Sá, Vitor De Angelo e Albaro Duboc durante anúncio de novos membros da equipe de governo (Fotografia - Raphael Marques)

Os anunciados ficarão a frente das secretarias de Educação, de Segurança e de Governo. Também foi escolhido o procurador geral do Estado

O governador eleito, Renato Casagrande (PSB), anunciou, nesta terça-feira (13), outros quatro nomes que farão parte da sua equipe de governo. A partir de janeiro, Roberto Sá assumirá a secretaria de Segurança; Vitor De Angelo conduzirá a secretaria de Educação; Tyago Hoffmann ficará responsável pela secretaria de de Governo, e a procurador geral do Estado será Rodrigo de Paula. Participou da apresentação, ainda, o coordenador da equipe de transição e futuro secretário de Planejamento, Álvaro Duboc; e a vice-governadora Jacqueline Rocha

Casagrande destacou que o embate que se faz contra os criminosos e a proteção a sociedade não depende só da policia. “Roberto Sá tem uma visão de segurança cidadã, que tem que ser firme e forte contra os criminosos, mas, ao mesmo, tempo tem que envolver a proteção social. A sua competência e experiência permitirão que ele dê uma bela contribuição ao nosso Estado”, explicou.

Para a secretaria de Educação, Casagrande escalou o professor universitário Vitor De Angelo. “É uma pessoa com bastante conhecimento na área e com visão do papel da educação no processo de desenvolvimento do Estado e do Brasil. Vai dar uma grande contribuição pela sua característica operacional e pelo seu conhecimento na área educacional”, analisou o governador eleito.

Em relação ao secretário de Governo, Tyago Hoffmann, o socialista enfatizou a experiência, já que atuou, em sua primeira gestão, na mesma função e como chefe da Casa Civil.

Para a Procuradoria Geral do Estado (PGE), o destaque de Casagrande para Rodrigo de Paula foi a facilidade de capacidade de unir e se relacionar com as pessoas. “Será procurador para que faça a defesa do Estado junto aos tribunais. Fará, também, a relação do Estado junto ao Poder Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e dará conta do recado com toda certeza”, destacou.

Conheça
Vitor De Angelo para secretaria de Educação (Fotografia – Rapahel Marques)

Vitor De Angelo, 36 anos, casado e tem uma filha. É formado em História pela Universidade Federal do Espírito Santo, com mestrado e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos. No ensino básico, trabalhou na modalidade Ensino de Jovens e Adultos no Sesi-ES entre 2003-2004. No ensino superior, trabalhou como professor no Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia entre 2007-2008 e no Programa de Pós-Graduação em História da UFES entre 2014-2015. Desde 2011 é professor de Ciência Política na Universidade Vila Velha, instituição na qual acumula, desde então, atividades de ensino, de pesquisa e de extensão com funções e cargos de gestão acadêmica. É o atual coordenador do programa de pós-graduação em Sociologia Política da Universidade Vila Velha.

Roberto Sá para secretaria de Segurança (Fotografia – Raphael Marques)

Roberto Sá, 53 anos. É formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. A carreira na Segurança começou na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro em 1983. Foi subindo na hierarquia até chegar ao posto de tenente-coronel, com passagens pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE), entre outros postos. Deixou a função para ingressar na Polícia Federal. Na área de gestão, foi subsecretario de Planejamento e Integração Operacional da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro por 10 anos. Em 2017, assumiu a pasta, cargo em que permaneceu até fevereiro deste ano.

Tyago Hoffmann para secretaria de Governo (Fotografia – Raphael Marques)

Tyago Hoffmann, 38 anos, casado e pai de uma menina. É economista e mestre em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo. Tem doutorado em Relações Interculturais pela Universidade Aberta de Portugal. Professor universitário há mais de 14 anos atuando em disciplinas nas áreas de economia e administração pública. Na primeira gestão de Casagrande, foi secretário de Governo e chefe da Casa Civil. Já está fazendo parte da equipe de transição anunciada logo após os resultados da eleição.

Rodrigo de Paula como Procurador Geral do Estado (Fotografia – Raphael Marques)

Rodrigo de Paula, 40 anos, casado e pai de duas filhas. Formado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo. Tem pós-gradução em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mestrado e doutorado em Direitos e Garantias Fundamentais também pela FDV. Exerce o cargo de procurador do estado desde dezembro de 2006. Atualmente está na função de procurador chefe do Centro de Estudos e Informações Jurídicas da PGE.


Leia mais

– Conheça quem ficará a frente da Comunicação, Casa Civil e Instituto Jones dos Santos Neves na gestão Casagrande
– Governador eleito anuncia equipe de transição

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!