21.4 C
Vitória
segunda-feira, 25 janeiro, 2021

Aneel diz que haverá ‘devassa’ no sistema interligado nacional

Pepitone mencionou também que a Aneel já iniciou os estudos para aprimorar o atendimento de energia no Amapá

Por Amanda Pupo (AE)

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, disse nesta terça-feira, 17, que uma “devassa” no sistema interligado nacional de energia será realizada após o ocorrido no Amapá, para que os órgãos responsáveis possam identificar se existe algum ponto do sistema com problema. Segundo Pepitone, a previsão está em ofício editado pela diretoria da Aneel, em que se demanda do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) uma “verdadeira varredura” no sistema.

“Para identificar se existe algum ponto do sistema numa situação de suprimento como estava a de Macapá, vamos fazer o que podemos chamar dessa devassa no sistema interligado nacional”, disse Pepitone em comissão no Congresso durante audiência pública para prestar esclarecimentos sobre o apagão no Amapá.

Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), apesar de um dos transformadores da subestação no Macapá estar em manutenção há quase um ano, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), órgão do governo responsável por avaliar as condições e a segurança do abastecimento de energia do País, não fez qualquer menção aos riscos que isso poderia trazer ao fornecimento do Estado no último ano.

Na comissão, Pepitone mencionou também que a Aneel já iniciou os estudos para aprimorar o atendimento de energia no Amapá. Uma das possibilidades analisadas é fazer com que a energia produzida pelas usinas de Cachoeira Caldeirão e de Ferreira Gomes, que ficam no Amapá, também possa ser injetada no sistema da companhia de distribuição que atende ao Estado.

Segundo ele, se esse formato já estivesse em vigor, por meio de outra subestação, o Amapá não estaria vivenciando a atual situação. Depois do incêndio na subestação de Macapá ocorrido no dia 3, a população enfrenta até esta terça racionamento de energia. “Está em estudo a melhor forma, e a menos onerosa, para o consumidor”, disse Pepitone, que foi cobrado por senadores para que o Estado tenha um melhor atendimento de energia.

“Também soltamos ofício da fiscalização, pelo fato de que quando houve desligamento de carga, a usina de Coaracy Nunes não entrou de imediato, houve um atraso”, disse Pepitone, segundo quem a agência também deverá regulamentar procedimentos relativos a comunicação de ocorrências graves e indisponibilidade prolongada no sistema interligado nacional.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Estudante brasileira descobre asteroide

Imagens do corpo celeste foram captadas no dia 7 de janeiro

Anvisa aprova lote de Coronavac do Butantan para uso emergencial

Anvisa aprova lote de Coronavac do Butantan para uso emergencial Por unanimidade, o órgão liberou o uso emergencial; solicitação se estende a 46 mi de doses já acordadas com o ministério

Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem

Provas de matemática e ciências da natureza serão aplicadas domingo

Padrão de beleza imposto pela sociedade pode gerar distúrbio

Em tempos de redes sociais e culto à aparência em alta, o chamado Transtorno Dismórfico Corporal encontra terreno fértil para crescer

Enem: Confira o reforço nas linhas de ônibus

Estudantes que farão a prova do Enem nesse fim de semana terão reforço nas linhas de ônibus

Programação especial para a criançada curtir as férias com segurança

Pista de patinação no gelo e arena Sonic são duas das novidades que fazem a alegria da garotada neste verão

ES Brasil Digital

ESBrasil-184 - Retrospectiva
Continua após publicidade

Fique por dentro

Série histórica mostra ocupação hoteleira durante a pandemia

Já estão disponíveis no Observatório do Turismo os dados relativos à taxa de ocupação hoteleira relativa ao ano de 2020, nos municípios de Vitória, Vila Velha e Serra

Sicoob inicia 2021 com recordes de movimentações financeiras

Instituição tem atuado para facilitar acesso a produtos e serviços financeiros aos seus mais de 5 milhões de cooperados

Concessão da Codesa: o que muda!

A Federação das Indústrias do Espírito Santo promoveu uma audiência para esclarecer o setor produtivo sobre o processo de desestatização da Codesa, a Companhia Docas do ES

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Vida Capixaba

Mucane e Circuito Cultural de Vitória retomam aulas na próxima segunda-feira

Oficinas presenciais de percussão, cavaquinho, dança afro brasileira na modalidade “Tribal” e capoeira

TOTVS Espírito Santo foi eleita a melhor unidade do Brasil em 2020

A TOTVS é conhecida como a maior empresa de tecnologia do Brasil, e sua unidade do ES foi eleita a melhor unidade do Brasil em 2020

Queijos: segunda maior agroindústria capixaba

Queijos com adição de especiarias e ervas finas, com recheio de geleias de frutas, doce de leite e embutidos, ou até defumados, são algumas versões de queijos capixabas que demonstram a potencialidade do setor
Continua após publicidade