21.9 C
Vitória
quarta-feira, 28 julho, 2021

Alta nos preços dos alimentos

O custo da alimentação subiu três vezes mais do que a inflação, segundo o IBGE

Pela medição do IPCA, no último ano, a inflação ficou em 2,31%, enquanto a alimentação atingiu a marca de 7,61% no mesmo período.

Para o economista e conselheiro do Corecon-ES Vaner Corrêa, entre os fatores que podem influenciar essa alta estão a alta do dólar, problemas climáticos e a entressafra.

“Um quarto fator que está levando à carestia dos preços dos alimentos é o aumento da demanda provocado pelo o confinamento das famílias.

Quem fica recluso em casa tem tendência de se alimentar mais, considerando que houve e ainda há uma escala gigantesca de reclusão”, explicou.

E pondera: “Acredito que estes aumentos serão transitórios e logo os preços se acomodarão, mas penso que, neste momento de tanta mídia social, o governo já poderia colocar a população a postos para fiscalizar e denunciar os exageros dos atravessadores”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade