Adolescentes capixabas criam marca de pulseira que caem no gosto das celebridades

Luana Piovani, Lilian Cabral, Lisandra Souto, Paloma Bernardi e Marina Ruy Barbosa. O que elas têm em comum? Fazem parte do time de celebridades que aderiu a uma marca de pulseiras criadas por duas irmãs capixabas, a Isadora e a Valentina Zenkner.

Com 14 e 12 anos, respectivamente, a dupla colocou no

Atriz Paloma Bernardi

mercado as pulseiras Dodolelê em março de 2014. Desde então, elas vem fazendo campanhas de marketing para se tornar conhecidas no Espírito Santo e em todo o País.

Tudo começou com um brinquedo. “Desde quando elas ganharam de presente da avó um brinquedo para fazer pulseiras, que nem existia ainda no Brasil, não pararam mais. Se reinventaram, aprenderam a fazer coisas novas e hoje estão felizes”, contou Georgiane Zenkner, mãe das meninas.

Empreendedorismo
A educadora Ivana Bonesi destaca que essa iniciativa é positiva. Ela, que comanda a escola de empreendedorismo infantil InovaKids, explica que o “objetivo não é transformar as crianças em miniempreendedores. Queremos fazer com que elas desenvolvam sua criatividade e autonomia, e que acreditem nas suas ideias. O empreendedor sabe enxergar boas oportunidades onde ninguém mais vê, e essa habilidade pode ser estimulada. Assim, no futuro, ao chegar no mercado de trabalho, essa criança terá mais opções. Poderá ser um médico, um arquiteto, um advogado empreendedor, ou, quem sabe, um empresário de sucesso”, explicou.

Atriz Lilia Cabral

Os acessórios podem ser encontrados em algumas lojas (Juiz de Fora e Recife) mas o local principal é pelo perfil no Instagram (https://www.instagram.com/pulseirasdodolele/). Lá é possível conhecer um pouco mais da história das irmãs e conhecer as novas coleções.

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome