23 C
Vitória
domingo, 27 setembro, 2020

A hora e a vez do papel

Mais Artigos

O boom no turismo regional no mundo pós-pandemia do coronavírus

Estratégias para diferenciação e melhor aproveitamento da imensa demanda por hotéis e pousadas

Cuidado com a imagem da sua empresa!

Uma organização, pequena ou grande, está baseada primordialmente naquilo que é o seu objetivo

Congresso Nacional

O que se observa hoje é que o tempo político, a necessidade de continuidade de posições políticas eleitoreiras de vários membros do Congresso e até da presidência da república

Eleições Municipais: Vereadores e Prefeitos

É fundamental, nas eleições, escolher e votar em candidatos que estejam comprometidos com nossas cidades

Embalagens de papel, papel cartão e papelão representam a maior preferência entre os consumidores

Por Lorena Depizzol

As embalagens estão cada vez mais no radar das empresas. Seja papel cartão, papelão ondulado ou nos moldes dos leite longa vida, as embalagens de papel têm se tornado a menininha dos olhos no mundo industrial. Aflorados pela intensificação do delivery e também pelos benefícios incorporados à este substrato, percebe-se mais adeptos ao desenvolvimento de soluções voltadas ao papel.

Embalagens de papel, papel cartão e papelão representam a maior preferência entre os consumidores por atributos de sustentabilidade, incluindo compostagem doméstica (72%), melhor para o meio ambiente (62%) e mais fácil de reciclar (57%).

Além disso, 70% dos consumidores estão ativamente tomando medidas para reduzir o uso de embalagens plásticas e 66% dos consumidores preferem que os produtos encomendados por e-commerce sejam entregues em embalagens de papel em vez de embalagens plásticas.

De fato são indicadores importantes, visto que este substrato já ultrapassa 68% em taxa de reciclagem no Brasil e 100% do papel fabricado aqui provém de matas plantadas.

Esses números são de recente pesquisa publicada pela Two Sides, uma organização com forte atuação mundial, sem fins lucrativos, que promove a sustentabilidade da indústria da comunicação impressa e embalagens. Foram 5900 entrevistados na Europa e 2000 consumidores americanos ouvidos em março deste ano.

Em sintonia, grandes marcas como o uísque escocês Johnnie Walker, a Unilever e a PepsiCo anunciaram mudanças em suas embalagens para passar as bebidas tradicionais do plástico e vidro para o resistente e reciclável papel. São compostos inovadores desenvolvidos através da polpa de madeira, totalmente reciclável e livre de plásticos.

A oportunidade da indústria e de vários varejistas, que antes atendiam apenas em lojas físicas, passarem para o meio virtual, intensificou a necessidade de embalagens. E nada mais primordial que pensarmos no ciclo e no retorno com produtos sustentáveis do início ao fim da cadeia.

A exemplo, uma empresa italiana, acompanhando a demanda, desenvolveu uma inovadora embalagem-envelope, totalmente forrada com papel ondulado, para proteger garrafas e ovos durante as entregas de compras online, uma escolha que vem atender às necessidades dos clientes de maneira sustentável. A nova embalagem é uma solução que elimina o envoltório de plástico bolha para proteção, fornecendo assim um produto composto por um único material, totalmente reciclável, garantindo os mesmos parâmetros de proteção e resistência.

Essas mudanças prometem impactar tanto os consumidores, quanto o meio ambiente e vêm de encontro com as 17 metas globais do desenvolvimento sustentável, da Agenda 2030 criada em Assembléia Geral das Nações Unidas, e são indicativos para empresas e países em ações para transformar o mundo em que vivemos.

Esperamos que ao exemplo da embalagem de papel, outros segmentos participem da promoção da sustentabilidade e do meio ambiente como um todo.

Lorena Depizzol é Vice-presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas do ES – Siges e Abigraf – ES, Vice-presidente do Copin (Findes), Diretora comercial da Gráfica Ingral e membro do Ciclo Cindes Jovem ano II da Findes

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Agências da Caixa não abrem neste sábado

Diferentemente das últimas três semanas, as agências da Caixa Econômica Federal não abrirão neste sábado (26) para saques do auxílio emergencial e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Economia: pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro

O custo de cada parcela adicional é estimado em R$ 8,35 bilhões, segundo cálculos da equipe econômica obtidos pelo Broadcast

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020

O 3º Levantamento da Safra 2020 de Café, divulgado hoje (22), em Brasília, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), foi estimado em 61,6 milhões...

Vida Capixaba

Cirurgia inédita no Estado para tratar tumores de pulmão

O procedimento é inovador! Chamado de lobectomia uniportal por vídeo, o procedimento será realizado no dia 26 de setembro. 

Farol Santa Luzia e Igreja do Rosário são reabertos com novas regras de visitação

A reabertura dos pontos turísticos capixabas acontece aos poucos e na última quarta feira (23) mais dois, localizados em Vila Velha, reabriram para visitação depois de ficarem fechados por meses, em consequência da pandemia do novo Coronavírus.

Difícil controlar o estresse na pandemia?

Na semana em que se comemora o dia Dia Mundial de Combate ao Estresse (23) resultados de estudos comprovam que nos últimos seis meses, devido à pandemia do COVID, a demanda por medicamentos para estresse, depressão e insônia, aumentou.

Terminam hoje inscrições para II Encontro Capixaba de Pesquisa em Educação Ambiental

Voltado para estudantes, pesquisadores, professores e demais educadores ambientais, o encontro será realizado de quarta-feira (23) a sexta-feira (25) de forma virtual devido às medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19).