25.8 C
Vitória
terça-feira, 31 março, 2020

Mais de 4 milhões de brasileiros de volta à pobreza

Leia Também

Governo encaminha PL que cria fundo de aval para empresas

Outros quatro projetos foram encaminhados para a Assembleia Legislativa e devem ser apreciados pelos parlamentares ainda nesta semana.

País tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

O resultado de novos 1.138 infectados em um dia foi mais que o dobro do maior registrado até agora. Número de mortos aumentou 26% em relação a ontem.

Ibovespa caminha para pior mês desde 1998

Na tarde de hoje (31), Ibovespa acumulava em março perda de cerca de 28%, que se mantida representará o pior desempenho mensal desde 1998.

Podcasts para empreendedores ouvirem durante o isolamento social

Uma das opções para o período de isolamento social é ouvir podcasts, formato que ganhou o gosto do brasileiro:em 2019. Veja as dicas!

Pobreza: Relatório do Ipea, sobre dados referentes à 2015, aponta ainda que 1,4 milhão deles voltaram à extrema pobreza no Brasil. Vivem com menos de R$ 70,00 

Pouco mais de 4,1 milhões de brasileiros entraram na faixa de pobreza no País em 2015. Desse montante, 1,4 milhão voltou à extrema pobreza no mesmo ano. As informações constam no relatório “Radar IDHM 2015”, divulgado esta semana.

O relatório foi elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)por meio do o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). a divulgação ficou sob responsabilidade da Fundação João Pinheiro.

Segundo o estudo, a faixa de pobreza concentra pessoas com renda domiciliar per capita inferior a um quarto de salário mínimo, de agosto de 2010. Já na extrema pobreza estão as pessoas com renda domiciliar per capita inferior a R$ 70 em agosto de 2010.

“Os dados trazidos pelas PNADs mostram que houve redução na renda per capita da população brasileira (passando de R$ 803,36 em 2014 para R$ 746,84 em 2015) e ingresso de 4,1 milhões de pessoas na pobreza sendo que, deste total, 1,4 milhão de pessoas ingressaram na extrema pobreza. Esses dados alertam para a necessidade das políticas públicas voltadas ao crescimento do emprego e da renda, sem deixar de lado o combate à desigualdade”, aponta o documento.

Índices piores

O texto ressalta ainda que o “Índice de Desenvolvimento Humano Municipal do Brasil parou de crescer em 2015”. Porém, “permanece na faixa de alto desenvolvimento humano, com 0,761”. O fato da crise econômica ter atingido fortemente a população naquele ano, aparece como um dos principais motivos para a ocorrência de índices piores.

“O estudo analisa três dimensões – Longevidade, Educação e Renda – e constata que ‘a taxa média de crescimento anual do IDHM entre 2011 e 2015 foi de 0,8%, inferior à observada entre 2000 e 2010, que foi de 1,7%'”.

O Radar IDHM usa informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Dicas gratuitas para superar a crise econômica da Covid-19

Evento trará estratégias e ações com os participantes para sobreviver à crise econômica e ter sucesso no pós-crise causada pela doença.

Negociação é o caminho para aluguel de pontos comerciais

A negociação com responsabilidade pressupõe real demonstração das consequências da crise e percepção recíproca para encontrar um ponto de equilíbrio das partes.

Indústria têxtil e de confecção já sofrem os impactos da pandemia

No Espírito Santo, a situação já é considerada crítica, de acordo com o presidente da Câmara da Indústria de Vestuário, José Carlos Bergamin.

Consumo de internet aumenta 25% durante isolamento social

Por conta do isolamento social, o consumo de internet aumentou consideravelmente durante o mês de março no mundo inteiro, inclusive no Brasil e no Espírito Santo.

Vida Capixaba

Sesi Cultura Online: Nano Vianna e André Prando

Para estrear as lives do Sesi Cultura online, dois ícones da música capixaba estarão se apresentando hoje. André Prando e Nano Vianna

Participe da 3ª Corrida Amaes Azul!

A corrida em solidariedade a causa do autismo tomará a 3ª Ponte, num trajeto de 10.800 km entre Vitória e Vila Velha. Será no dia 19 de julho

Desafios da carreira artística serão debatidos na internet

O ator e diretor Abel Santana vai realizar no decorrer desta semana  uma série de lives (ao vivo) nas mídias sociais, com diversos convidados de renome.

PRF recebe doações de alimentos e kits de higiene para caminhoneiros

A ideia da campanha Siga em Frente, Caminhoneiro é minimizar os efeitos da situação causada pelo novo coronavírus e possibilitar condições de trabalho.
Continua após publicidade