23.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 outubro, 2021

​Dia do Chorinho Canela-verde comemorado na Prainha

Neste feriadão da Independência, a Prainha vai receber uma noite de chorinho

Por Munik Vieira

Nesta segunda-feira (6), a partir das 17h30, atrás da Igreja do Rosário, será realizado um evento alusivo ao Dia do Chorinho Canela-verde, que será comemorado anualmente em 6 de setembro.

A data foi escolhida por indicar o nascimento de Maria José Pinto da Vitória, a Dona Maria do Bandolim, musicista e ex-moradora da região, referência na cultura de Vila Velha desde a década de 1920. O que mais marcou a sua trajetória foi uma participação nas apresentações do cinema mudo. Certa vez, acompanhou Altemar Dutra em uma apresentação.

Dona Maria do Bandolim. Foto: Reprodução

De acordo com o secretário de Turismo, Esporte e Cultura, Paulo Renato Fonseca Junior, “no evento, o público vai participar de roda de conversa sobre o chorinho, apresentação dos grupos Raimundo Machado & Trio e Arquivo do Samba, além de homenagem a Dona Maria do Bandolim”.

A artista faleceu no dia 23 de junho de 1988, aos 81 anos. “Ela era uma grande instrumentista do bandolim, incomum à época. Podemos chamá-la de Chiquinha Gonzaga canela-verde, pois representa a resistência das mulheres em busca do seu espaço na sociedade”, relata o subsecretário de Cultura, Manoel Goes.

O Dia do Chorinho Canela-Verde é um evento realizado pelo Coletivo Criativo Prainha, com apoio da Prefeitura de Vila Velha.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade