“Vivemos tempos líquidos. Nada é pra durar” (Bauman, Z.)

Se todo início de ano é o momento propício para refletir sobre a vida, sobre os últimos 12 meses, sobre as promessas, sobre o que fazer e o que não fazer, damos partida a 2017 ainda mais motivados a isso.

Depois de um 2016 de mudanças, baques e vários ciclos que se fecharam no contexto social (e, claro, no pessoal também) começamos este ano com a perda do sociólogo e filósofo polaco Zygmunt Bauman, aos 91 anos.

Note-se que, mesmo com a idade avançada, ele se manteve ativo, responsável por estudos sobre os campos das relações humanas e os impactos de um mundo globalizado. Foi o autor do conceito “modernidade líquida”, que já nos anos 90 definiu as ligações entre as pessoas nos tempos atuais; conexões marcadas pelo fenômeno da internet e das famosas redes sociais. Tudo o que a gente vem vivendo ao longo desses últimos anos. Relações cada vez menos duradouras, para as quais dedicamos menos tempo e (por que não dizer?) menos de nós. Relações superficiais, falíveis e voláteis, fluidas e superficiais como uma rede virtual. Parece mais do mesmo, afinal, já nos acostumamos a esse conceito.

Mas que tal aproveitar este início de um novo tempo pra avaliar o quão ele faz parte da sua vida? Eu, sempre conectada, me propus a fazer isso. E, olha, não foi só um propósito. Tem sido a minha rotina. E sabe o que mais? Ganhei muito mais tempo para mim e para o que, realmente, vejo sentido. A vida é muito mais leve sem a preocupação da aprovação do outro, sem o “F5” constante e com os alertas de notificações no silencioso. Muita gente diz isso, né? Então, acredite. Vale a pena colocar um pouco de consistência nessa rotina! #vidaquechama

Sempre é tempo de detox
Entra ano e sai ano, e a história se repete na alimentação também: as delícias das festas de fim de ano vencem o duelo contra as dietas. E, aí, chega o primeiro dia do ano, hora de deixar o corpo no lugar. Independentemente de termos ou não uma dieta muito radical, como anda muito em alta, um detox faz muito bem pra “limpar” o organismo por dentro e por fora, tirar os excessos e, claro, nos dar energia para um novo ano. Então, se você ainda não fez o seu, aqui vão algumas dicas bem simples. Vamos lá reservar uma semana para esse cuidado!

Pra começar, uma dica de ouro e de sempre: beba muito líquido – a água, além de hidratar, ajuda a remover as toxinas.
Companheiras inseparáveis da água, as frutas são essenciais – elas também ajudam a limpar o corpo, principalmente as mais suculentas. Além disso, são muito fáceis de digerir e antioxidantes, ricas em nutrientes, fibras e importantes vitaminas.

Uma recomendação especial é manter as frutas vermelhas e as cítricas na dieta, porque elas contêm antioxidantes.
Durante essa semana detox, as verduras são essenciais. Coma muita verdura para garantir a clorofila, que é importantíssima no processo de eliminação das toxinas, inclusive, do fígado. Isso irá facilitar o trabalho do seu sistema digestivo e em alguns dias você estará livre de todas as comidas gordurosas que comeu durante as festas. E, não se esqueça, de modo algum: praticar exercícios físicos é essencial para o bom funcionamento do corpo e da mente. Então, que tal desintoxicar o organismo e ganhar energia e resistência física para começar bem este ano?

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome