Vila Velha abre edital para gestão do Projeto Bike VV

Foto: Freepik

O sistema, que atenderá principalmente os trabalhadores que residem no município de Vila Velha, deve entrar em vigor ainda em 2017

Nesta quarta-feira (02), foi publicado no Diário Oficial do Espírito Santo um Edital de Concorrência Pública para que empresas privadas gerenciem o Projeto “Bike VV”, da Prefeitura Municipal de Vila Velha. O sistema, que atenderá principalmente os trabalhadores que residem no município canela-verde, deve entrar em vigor ainda em 2017.

Técnicos das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (Semdu) e de Administração (Semad) estimam que o Bike VV será utilizado mais de 360 mil vezes no espaço de um ano. A empresa que vencer o Edital de Concorrência Pública vai gerir o sistema por 24 meses.

Serão 200 bicicletas que poderão ser alugadas em 20 pontos do município. Os valores são de R$ 10,80 por mês e de R$ 67,50 por ano. O pagamento será feito por meio de aplicativo ou em sistema semelhante ao adotado nos estacionamentos rotativos do Centro e da Glória. O usuário poderá utilizar a bicicleta das 5hs às 0hs. Dez por cento (20 bicicletas) serão bikes duplas, destinadas a pessoas com deficiência visual, mental (de acordo especificidade) e mobilidade reduzida.

O secretário municipal de Administração, Rafael Gumiero de Oliveira, informou que este “é um projeto inovador, mas acima de tudo pedagógico. A Prefeitura de Vila Velha tem o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável do município e instruir a população quanto ao uso coletivo de um meio de transporte limpo. Acreditamos que até novembro o ‘Bike VV’ seja implantado efetivamente”.

O projeto chega à sua quarta fase. Inicialmente foi elaborado um termo de referência (minuta), depois foi realizada uma consulta pública entre os dias 17 de maio e 23 de junho com mais de 400 participações. Posteriormente, o termo de referência foi atualizado de acordo com as propostas apresentadas pela população, e nesta terça-feira (01) o Bike VV chega à sua quarta fase com a publicação do Edital de Concorrência Pública.

“É importante ressaltar que Vila Velha é uma cidade plana, isso deve contribuir para o sucesso do projeto. A economia do município e o turismo local também serão dinamizados. Os trabalhadores serão os maiores beneficiados”, declarou a subsecretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade, Caroline Jabour de França.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome