Vacinação contra sarampo começa hoje

Foto: Reprodução

A campanha nacional de vacinação contra sarampo e poliomielite (paralisia infantil) vai até o dia 31 de agosto

Começa hoje e vai até o dia 31 de agosto a Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo e poliomielite (paralisia infantil). A campanha é direcionada exclusivamente às crianças de 1 ano até menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias).Em todo Estado, o número de crianças a serem vacinadas é de 201.833, e a meta é imunizar 95% desse total. O Dia D da campanha será realizado no dia 18 de agosto (sábado).

Nesta campanha as crianças devem ser levadas a uma unidade de saúde, mesmo as que já tenham sido vacinadas anteriormente. É fundamental que os pais apresentem o cartão de vacina para que o histórico de vacinação da criança seja verificado. Caso esse documento tenha sido perdido, a criança deve ser levada para ser imunizada com a certidão de nascimento. As vacinas estarão disponíveis nas 539 salas de vacinação das Unidades de Saúde em todo Espírito Santo.

Há 18 anos o Espírito Santo não registra casos de sarampo. O último caso autóctone da doença registrado no Estado foi em 1999.

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, explicou que no Brasil há uma rotina de vacinação que vai de janeiro a dezembro, e que em alguns momentos é necessário realizar uma campanha. Segundo ele, no Espírito Santo esta campanha de vacinação será de prevenção, visto que já há registros da doença no Norte do país.

Poliomielite

Para prevenir a poliomielite, as crianças devem ser vacinadas aos dois, quatro e seis meses com a vacina injetável (VIP) e depois aos 15 meses e 4 anos de idade com a vacina oral (VOP). A poliomielite está erradicada no Brasil desde 1990, mas existem casos em países da África e Ásia, por isso, é fundamental manter alta a cobertura vacinal para evitar o retorno da doença ao país.

O que é sarampo?

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, por tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade da doença, particularmente em crianças desnutridas e imunocomprometidas.

De acordo com o Ministério da Saúde, atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e Amazonas. Além disso, alguns casos isolados e relacionados à importação do vírus foram identificados em São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!