Vacina contra Meningite B liberada pela Anvisa

Foto: Aniele Nascimento/Arquivo/Gazeta do Povo

A vacina Trumenba poderá ser aplicada em pessoas de 10 a 25 anos de idade para prevenir a doença meningocócica causada pelo sorotipo B 

A Meningite B é uma doença grave e que pode levar à morte. Por isso, a cura foi descoberta e o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no início do mês.

Chamado de Trumenba, o imunizante poderá ser aplicado em pessoas de 10 a 25 anos de idade para prevenir a doença meningocócica causada pelo sorotipo B da bactéria Neisseria meningitidis.

“Os Estados Unidos estão usando e ela foi capaz de evitar surtos entre adolescentes. É uma vacina que promete ajudar o Brasil contra uma doença grave”, disse a vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), disse Isabella Ballalai.

A vacina está sendo utilizada nos Estados Unidos e na União Europeia, mas a data para lançamento no Brasil ainda não foi definida. “Todo novo medicamento licenciado, antes de ser comercializado, tem de ter o seu preço aprovado pelas autoridades governamentais. No Brasil, o estabelecimento de critérios para a definição dos preços dos medicamentos é de responsabilidade da Câmara de Regulação de Mercado de Medicamento (CMED), um órgão interministerial”, explicou a diretora médica da Pfizer,Márjori Dulcine.

Entretanto, em maio de 2015, o Brasil lançou a primeira vacina contra a meningite B, chamada Bexsero, que pode ser tomada por pessoas de 2 meses a 50 anos. Ele é oferecida apenas na rede particular de saúde.

A meningite é um processo inflamatório que atinge as meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, e pode ser causada por infecções por bactérias, vírus, fungos ou parasitas.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!