Governo quer unidades de conservação em Trindade e Martim Vaz

Ilha de Trindade
Foto: João Luiz Gasparini/Ufes

O governador Paulo Hartung enviou carta ao Ministério do Meio Ambiente pedindo a demarcação da unidade marinha

O governo do Estado apoia a criação de uma unidade de conservação federal nas ilhas de Trindade e Martim Vaz. O Ministério do Meio Ambiente recebeu, nesta quinta-feira (8), uma carta do governador Paulo Hartung em que manifesta a intenção.

O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo, Aladim Cerqueira, entregou o documento ao secretário de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Edson Duarte. O encontro aconteceu no final da manhã, no gabinete do Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, em Brasília.

A região das Ilhas de Trindade e Martim Vaz é considerada pelos pesquisadores como uma formação única no planeta. A cordilheira de montanhas tem mais de mil quilômetros de extensão. São 30 montes submersos no oceano, sendo dez deles muito profundos que chegam a alcançar uma área com pouca incidência de luz.

Na carta, o governo capixaba também sugere ao Ministério do Meio Ambiente uma ação em conjunto. A articulação proposta seria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Além do poder público estadual, municípios costeiros também deveriam ter mais contato com o governo federal. “Queremos participar das ações e colaborar para a gestão da unidade de conservação”, disse o secretário Aladim Cerqueira.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!