Pedido para representante de Lula estar em debates é rejeitado pelo TSE

Lula
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Apesar de estar preso há mais de um mês, o ex-presidente segue sendo o nome anunciado pelo PT para a Presidência

O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou um pedido de liminar do PT. A agremiação requereu a garantia de participação de um representante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em debates entre pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda, afirmando que irá registrá-lo para concorrer ao pleito.

Pela via judicial, o partido pretendia garantir a presença de um representante de Lula já no ciclo de entrevistas com pré-candidatos.

O partido alegou que Lula não foi convidado apesar de aparecer como “líder na pesquisa de intenção de votos”. Os veículos de comunicação estariam com isso violando o princípio da isonomia entre os pré-candidatos.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!