TCU determina revisão dos pedágios na BR 101

Foto Alessandro de Paula / Espírito Santo de Fato

Nessa quinta-feira (18), os novos valores passaram a ser cobrados nas praças de pedágio

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que revise o valor do pedágio cobrado na BR 101. A ANTT e a ECO 101 têm até 15 dias para emitir suas respostas, porém o reajuste não foi suspenso.

A Comissão de fiscalização da BR 101, composta pelos deputados Marcus Vicente (coordenador), Helder Salomão, Dr. Jorge Silva, Lelo Coimbra, Norma Ayub, Givaldo Vieira, Evair de Melo, Paulo Foletto e Sérgio Vidigal, protocolou representação no TCU para evitar o aumento de 15,31%, publicado no Diário Oficial da União dessa terça-feira (16).

Os deputados avaliam também preparar Decreto Legislativo e trabalhar pela sua aprovação na Câmara dos Deputados a fim de suspender o aumento, considerado excessivo em tempos de inflação de 4,5%.

Confira a nova tabela de pedágios:

1 – Pedro Canário – Km 0,8 – de R$ 3,60 para R$ 4,10
2 – São Mateus – Km 85,8 –  deR$ 4,80 para R$ 5,50
3 – Aracruz – Km 171,7 – de R$ 4,50 para R$ 5,20
4 – Serra – Km 242 – de R$ 4,30 para R$ 5,00
5 – Guarapari – Km 320,8 – de R$ 4,50 para R$ 5,20
6 – Itapemirim- Km 398,9 – de R$ 3,80 para R$ 4,40
7 – Mimoso do Sul – Km 452 – de R$ 2,10  para R$2,40

 

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome