Sesc Glória exibe filmes com ingressos a partir de R$3

Foto: Portal Sou ES

Durante o mês de abril, o Sesc Glória fará uma exibição de filmes nacionais e internacionais com o valor do ingresso acessível a toda população. Desde o ano passado, o projeto realiza mensalmente sessões especiais de cinema, que são divulgadas no início de cada mês.

Neste mês, estão na programação os filmes “Personal Shopper” (2017), “Os belos dias de Aranjuez” (2016), “Amazônia” (2013) e “Argentina” (2017).

As entradas custam R$ 6 (inteira); R$ 3,60 (conveniado ou comerciante); R$ 3 (meia e comerciário). O Centro Cultural Sesc Glória fica localizado à Avenida Jerônimo Monteiro, n. 428, no Centro de Vitória.

Confira a programação, sinopses e os horários e aproveite para se programar:

Personal Shopper
Direção: Olivier Assayas
Suspense, França/Alemanha, 2017 | Classificação: 16 anos
Exibição nos dias 18 e 19 de abril, às 19h20

Maureen (Kristen Stewart) é uma jovem americana que mora em Paris e trabalha como “personal shopper” para uma celebridade local. Ela também tem uma capacidade especial para se comunicar com o mundo dos mortos. A moça dividia esse dom com seu irmão, recém-falecido, que parece estar querendo enviar uma mensagem para o mundo dos vivos.

Os Belos dias de Aranjuez
Direção: Wim Wenders
Drama, França/Alemanha, 2016 | Classificação: 14 anos
Exibição nos dias 18 e 19 de abril, às 18h20

Um lindo dia de verão. Um jardim. Um terraço. Uma mulher e um homem sob as árvores e um vento suave. Na vasta planície, a silhueta de Paris. A conversa começa: perguntas e respostas entre a mulher e o homem. Fala-se de experiências sexuais, infância, memórias, a essência do verão e a diferença entre os sexos, pela perspectiva feminina e a percepção masculina.

Amazônia
Direção: Thiery Ragobet
Aventura, Brasil, 2013 | Classificação: Livre
Exibição nos dias 22 e 29 de abril, às 14h30

Uma viagem pela floresta amazônica por meio do ponto de vista do pequeno macaco prego Kong, o único sobrevivente de um acidente de avião. Junto com ele, o filme desvenda os mistérios da fauna e da flora da maior floresta tropical do planeta em toda a sua complexidade. Completamente rodado em 3D, o filme é a maior produção cinematográfica já realizada na Amazônia. Do mesmo diretor de O planeta branco, o longa foi exibido no encerramento do Festival de Veneza 2013.

Argentina
Direção: Carlos Saura
Documentário, Espanha/Argentina/França, 2017| Classificação: 12 anos
Exibição nos dias 16 e 18 de abril, às 17h20

Explorando a música popular, o documentário mescla passado, presente e futuro para se aprofundar no folclore argentino.

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome