Seger e IDAF discutem sistematização de processos

O piloto se dará com os processos de eventos agropecuários e de solicitação de diárias

A equipe do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) esteve reunida com o assessor especial para Governo Digital, Renzo Colnago, da Secretaria Estadual de Gestão e Recursos Humanos (Seger), para discutir a digitalização de processos e a modernização da gestão. “A ideia é criarmos, com apoio da Seger, um sistema moderno de fluxo de procedimentos que visa a unificar e padronizar a atividade em todo o Estado. Esse trabalho é importante para repensarmos a forma como estamos habituados a desenvolver os processos, fazendo uma análise crítica e avaliando os pontos que podem ser melhorados. O resultado é a dinamização e, por consequência, a entrega de um serviço cada vez mais qualificado”, disse o chefe do Departamento de Defesa Sanitária e Inspeção Animal, Fabiano Fiuza.

Projeto-piloto

Para dar início aos trabalhos de sensibilização e implementação do Escritório Local de Processo no Idaf, será realizada a dinâmica “Jornada da Digitalização”: uma iniciativa que visa acelerar a disponibilização de serviços e processos em ambiente digital, colaborar com a dinamização da gestão por meio de mapeamento e automação de processos e dar suporte na estruturação dos Escritórios Locais dos órgãos do Governo.

O piloto se dará com os processos de eventos agropecuários e diárias. O chefe do Departamento de Defesa Sanitária e Inspeção Animal, Fabiano Fiuza, explica que a realização desse tipo de evento no Estado é condicionada à autorização prévia do Instituto.

“A ideia é criarmos, com apoio da Seger, um sistema moderno de fluxo de procedimentos que visa unificar e padronizar a atividade em todo o Estado. Esse trabalho é importante para repensarmos a forma como estamos habituados a desenvolver os processos, fazendo uma análise crítica e avaliando os pontos que podem ser melhorados. O resultado é a dinamização e, por consequência, a entrega de um serviço cada vez mais qualificado”, disse.

Escritório de Processo

O Escritório Central de Processo (ECP) do Governo do Estado do Espírito Santo, coordenado pela Seger, atua na disseminação da cultura do gerenciamento de processos e no incentivo para que sejam adotadas boas práticas de gestão sempre visando entregar melhores serviços à sociedade capixaba.

Um dos objetivos é a criação de uma rede de Escritórios Locais nas diversas secretarias e autarquias do Estado. Os Escritórios Locais têm a missão de administrar, dar suporte e fomentar iniciativas de Gerenciamento de Processos (BPM – Bussiness Process Management) no âmbito do seu órgão, sob a supervisão e mentoria do Escritório Central.

Conteúdo Publicitário
Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome