Tecnologia: EUA lança satélite para melhores previsões meteorológicas

Foto: AFP Nasa /Chris Giersch / Handout

O modelo permitirá acompanhar os fenômenos meteorológicos, transmitindo as imagens das tempestades em alta resolução

Visando a melhorar as previsões meteorológicas, a Nasa lançou, nessa quinta-feira (1º), em sua plataforma, um novo satélite que oferece imagens de tempestades em alta resolução e em grande velocidade, e que poderá salvar vidas por dar previsões mais precisas.

Intitulado como Satélite Geostacionário Operacional Ambiental-S (GOES-S, sigla em inglês), o dispositivo é propriedade da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA), e decolou às 17h02 local (19h02 em Brasília) de Cabo Canaveral, na Flórida, montado em um foguete United Lauch Alliance Atlas.

Segundo especialistas, o modelo anterior, o GOES-R, lançado em novembro de 2016, foi imprescindível para prever os furacões (Harvey, Maria e Irma) que atingiram o Atlântico e o Caribe no ano passado.

O diretor de satélites e informação da NOAA, Stephen Volz, disse que se o predecessor obteve esses dados, o GOES-S poderá ser ainda mais preciso. “Se o GOES-R permitiu obter dados muito mais exatos e de maior qualidade seu sucessor, melhorará isso, permitindo fazer evacuações quando tempestades e incêndios florestais ameaçarem a vida humana”, pontuou.

A intenção é que o novo satélite ajude também a melhorar as previsões dos fenômenos meteorológicos no Pacífico e permita aos especialistas observar as tempestades em alta resolução. Além disso, futuramente, o dispositivo poderá transmitir a informação aos meteorologistas do mundo todo.

O GOES-S passará por seis meses de testes, e a previsão é que esteja operativo no final de 2018. Em 2020, está planejado o lançamento do GOES-T, e em 2024, o do GOES-U.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!