Rose de Freitas é citada em delação de Funaro

A senadora Rose de Freitas considera a declaração vaga e sem provas

O vazamento do vídeo com a delação de Lúcio Funaro – doleiro e operador de propina do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) – está causando rebuliço no meio político.

Desta vez, foi a senadora capixaba Rose de Freitas citada como possível beneficiária do peemedebista por ter, segundo o delator, auxiliado na eleição do parlamentar cassado à presidência da Câmara.

Mas Rose foi eleita senadora em 2014 e, portanto, não votou nesse processo para eleição da Mesa Diretora da Casa no ano seguinte. Essa é a principal linha argumentativa assumida por ela. “Ele (Cunha) deve ter dado alguma ajuda à campanha da Rose de Freitas ao Senado”, disse o doleiro.

A senadora considera a declaração vaga e sem provas. Além disso, o delator não indica valores ou eventual contrapartida. “Simplesmente porque não existiram”, disse a assessoria de Rose.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome