DNIT: 67% das vias federais estão em boas condições

Rodovia federal no Distrito Federal
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O governo criou um indicador para avaliar as condições das rodovias. 12% estão em situação ruim ou péssima.

As rodovias administradas pelo governo federal agora têm um indicador para avaliar as condições de tráfego e conservação. O governo federal criou o Indicador de Qualidade das Rodovias Federais (ICM).

O estudo é realizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A primeira pesquisa, referente ao primeiro semestre de 2017, mostra que 67% da malha está em boas condições. Já 20% está em situação regular, 7% em situação ruim e 5% em estado péssimo.

O ICM analisou 52 mil quilômetros que compõem a malha viária federal. Mas o estudo não inclui as rodovias estaduais e as estradas federais em concessão. A segunda edição do indicador deve ser divulgada até o início de 2018. O DNIT pretende lançar o boletim com informações atualizadas a cada trimestre.

Estados

Os estados com rodovias federais em melhores condições são Amapá (98% em bom estado), Bahia (82%), Roraima (82%), Distrito Federal (85%) e Piauí (83%). Em pior situação estão Acre (32%), São Paulo (43%), Mato Grosso do Sul (53%), Sergipe (56%) e Ceará (56%).

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome