Instituições financeiras já podem retomar renegociações do crédito rural

Foto: Divulgação

Produtores que tiveram algum tipo de prejuízo poderão entrar com recurso

As instituições financeiras que operam crédito rural nos 28 municípios que integram a área da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) do Espírito Santo já podem, a partir desta terça-feira (30), retomar as renegociações das parcelas, vencidas ou vincendas entre 1º de janeiro de 2016 e 29 de dezembro de 2017.

Os produtores rurais que registraram prejuízos nas produções e criações, devido ao longo período de estiagem registrado em território capixaba poderão dar entrada neste recurso. A medida vale também para as cooperativas de produção agropecuária.

O Banco Central publicou no Diário Oficial da União a Resolução nº 4.568/2017 autorizando os bancos e as cooperativas de crédito a formalizar os procedimentos dos interessados. Para ter acesso, o município onde a propriedade rural está localizada precisa ter situação de emergência ou estado de calamidade pública com reconhecimento pelo Ministério da Integração Nacional (MIN).

“Não era justo editarem uma resolução direcionada apenas ao Estado de Minas Gerais, deixando nosso Estado de fora. Esse período de seca foi um dos mais severos da história e causou muitos prejuízos em todas as regiões. Fizemos esse trabalho para o Banco Central rever a decisão e estender o prazo de renegociação também para os produtores capixabas”, destacou o deputado Evair de Melo.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome