Eleições 2018: Casagrande será o novo governador

O eleito Renato Casagrande com a vice Jacqueline Moraes logo após a finalização da apuração - Fotografia: Fernando Ribeiro

Renato Casagrande conquista o Executivo Estadual sem necessidade de segundo turno

Terminou às 20h51 a apuração dos votos do Estado do Espírito Santo no primeiro turno das Eleições 2018, realizado neste domingo (07), em todo o Brasil. O candidato Renato Casagrande (PSB) elegeu-se governador com 1.072.224 de votos , o que corresponde a 55,49% dos votos. Com esse resultado, não haverá segundo turno, porque o eleito recebeu mais votos que todos os outros candidatos juntos. O segundo mais votado foi Carlos Manato com 525.973 votos, com 27,22%. (Veja a relação completa abaixo)

Em entrevista coletiva logo após divulgação do resultado, Casagrande disse que as prioridades de seu governo já foram definidas durante a campanha e agradeceu aos capixabas por terem acreditado em suas propostas para o crescimento do Estado.

Como plano de governo, ele destacou que, inicialmente, investirá em serviços básicos como Saúde, Educação e Segurança Pública, além de dar sequência a obras que não estão concluídas. “Temos que ter sustentabilidade fiscal nos próximos anos o governo precisa estar equilibrado suficientemente para que possamos prestar os serviços básicos à população com excelência”, pontuou.

Além disso, ele reforçou que nada será descartado, “Temos interesse em levar adiante as obras que foram iniciadas ou que estão paradas, mas para isso precisaremos analisar contrato a contrato, editais que foram lançados neste ano para saber se o governo suportará a quantidade de obras e compromissos para os próximos anos”, destacou Casagrande.

O governador confirmou que dará sequência aos projetos do aquaviário e do BRT. “Vamos fazer parcerias com o setor privado. A Prefeitura de Vitória também já deu um passo adiante nesse assunto para integrarmos o Aquaviário ao sistema Transcol. Não posso garantir que será no primeiro ano de governo, pois precisamos atualizar um projeto que fizermos em 2014. Não quero dar certeza, mas queremos implantá-lo nos próximos quatro anos. Já o BRT, é um investimento que nós daremos início, mas não concluiremos em quatro anos de governo, pois são obras que dependem de ampliação de vias, viadutos, ampliação da capacidade de mobilidade do transporte coletivo e dos automóveis”, esclareceu Casagrande.

O cientista político Darlan Campos, da República Marketing Político, destaca que o dado interessante no pleito foi o crescimento de Manato, ligado também a alta votação que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) teve no Estado. “Bolsonaro teve mais do que 50% dos votos no Espírito Santo e Manato consegui transferir para sua campanha quase metade desses votos. Sua estratégia foi completamente casada com ao do candidato à presidente”, analisou.

Desafios

Renato Casagrande tem 57 anos e é advogado por formação. Natural de Castelo, Casagrande já exerceu o cargo de governador de 2011 a 2015. Também foi senador, de 2007 a 2010; deputado federal, de 2003 a 2007; e deputado estadual, de 1991 a 1994.

Em entrevista exclusiva concedida para a ES BRASIL na semana das eleições, ouvidos o então candidato sobre quais seriam os principais desafios nos próximos quatro anos e que medidas adotar. As respostas foram:

Educação – A expressiva diminuição dos investimentos em Educação causou aumento absurdo do índice de evasão escolar. Fortalecer e ampliar a escola em tempo integral, a Educação de Jovens e Adultos e os programas Nossa Bolsa e Bolsa Sedu; melhorar a infraestrutura da rede escolar, e capacitar permanentemente os profissionais da área.

Saúde – Aumentar a oferta, garantir qualidade nos serviços prestados à população é nosso principal objetivo. Redes de atenção regionalizadas para que os capixabas recebem atendimento em suas regiões. Fortalecer os serviços de urgência e emergência; ampliar o número de leitos hospitalares em todo o Estado; e adequar as estruturas físicas da rede.

Segurança – Política permanente e continua de Segurança Pública. Retomar o programa Estado Presente e assumir pessoalmente a gestão da Segurança; fortalecer a rede de proteção social; voltar com a Patrulha da Comunidade e implantar a Patrulha Rural; recriar as unidades especializadas BME e Rotam; fortalecer as delegacias regionais e as de atendimento às mulheres, com plantões 24 horas; expandir os serviços da Polícia Técnico Científica; e valorizar nossos policiais.

Resultado – por ordem de quantidade de votos

Governador

1 – Renato Casagrande (PSB) – 1.072.224
2 – Manato (PSL) – 525.973
3 – Jackeline Rocha (PT) – 142.654
4 – Rose de Freitas (Podemos) – 105.754
5 – Professor Aridelmo Teixeira (PTB) – 62.821
6 – André Moreira (Psol) – 22.875

Votos brancos – 114.918
Votos Nulos – 175.988

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!