Renault Captur

Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault

O novo Renault Captur vem dando o que falar desde seu lançamento. Fabricado no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, o veículo oferece o conforto e o espaço interno do universo SUV, com alta oferta de conectividade, tecnologia e segurança, além de traçados extremamente atrativos.

“O design do Captur mistura elegância e linhas bem marcadas. Reflete a nova identidade da marca”, afirma Vincent Pedretti, chefe de Design do RDAL (Renault Design América Latina).
A pintura confere efeito harmônico, originalidade e personalização, com 13 combinações de cores, incluindo nove em biton. O teto pode ser preto ou marfim; já a carroceria vem em oito opções: preta, branca, marrom, laranja, marfim, vermelha, prata e cinza. Toda a imponência do veículo é vista na parte externa, que apresenta detalhes modernos como o desenho as luzes diurnas em LED, o fluído dos faróis de neblina, o grafismo e o escapamento cromado. Na parte interna, os destaques ficam por conta de seu novo quadro de instrumentos, associado a um velocímetro digital e aos displays em formato de meia-lua de cada lado. O interior ainda pode receber o acabamento em dois tons, dependendo da versão escolhida.
Esbanjando tecnologia e conectividade, o Captur disponibiliza o Media Nav, que com no máximo quatro cliques acessa e configura qualquer funcionalidade da central multimídia, através da tela touchscreen de 7”, cuja estrutura apresenta GPS integrado, Bluetooth, câmera de ré, eco-scoring e eco-coaching. Além de todas essas funções, o sistema é integrado ao comando satélite, que possibilita ao motorista acessar tudo sem tirar as mãos do volante. Outro ponto alto é o sensor crepuscular, uma ferramenta inteligente que capta a luminosidade do ambiente e acende as luzes automaticamente conforme a necessidade.
A segurança também não deixa a desejar, com quatro air bags (dianteiros e laterais), Isofix, controle eletrônico de estabilidade (ESP) – sistema que garante maior segurança nas curvas ao corrigir movimentos que podem fazer o veículo sair da trajetória normal – e controle eletrônico de tração (ASR), que proporciona maior aderência em diferentes tipos de superfícies. Todas as versões vêm com freios ABS, auxílio de frenagem de emergência (AFU) e distribuição eletrônica de frenagem (EBD).
O modelo será oferecido em duas versões, com o Captur Zen 1.6 SCe manual e o Captur Intense 2.0 automático, que apresentam diversos atrativos, como direção eletro-hidráulica, volante com regulagem da altura, ar-condicionado, rodas aro 17 polegadas de liga leve, vidros elétricos, alarme perimétrico, chave-cartão hands free, comando de áudio e celular na coluna de direção (comando satélite), assento do condutor com regulagem de altura, sistema CAR (travamento automático das portas a 6 km/h), retrovisores rebatíveis, piloto automático com indicador e limitador de velocidade, entre outros itens. Vale a pena dar uma conferida.

Ficha Técnica:

Motor: bicombustível, quatro cilindros em linha, 16 válvulas
Direção: Eletro-hidráulica
Câmbio: Manual 5 velocidades / Automático 4 velocidades
Pneus/rodas: 215/60 R17
Porta-malas: 437 litros
Tanque: 50 litros
Comprimento: 4.329 mm
Altura: 1.619 mm
Largura: 1.813 mm (sem retrovisores)
Entre-eixos: 2.673 mm

 

 

Peças da Volvo podem ser compradas on-line

A Volvo lançou neste mês de maio o seu canal de e-commerce com 250 itens.
De acordo com a montadora, estão na lista os itens mais procurados pelos clientes, que passam a receber as peças com conforto em todo o país. Para a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a expectativa é de que em 2017 o e-commerce cresça 12% com relação a 2016: o ano deve registrar mais de 200 milhões de pedidos nas mais de 70 mil lojas virtuais existentes. As compras podem ser feitas no endereço www.volvopecas.com.br.

Vitória Motor Fest movimenta mais de R$ 6 milhões

As principais marcas apresentaram as novidades do setor automotivo no Vitória Motor Fest, que aconteceu nos dias 25 e 26 de março na Arena do Shopping Vitória. Considerado o maior do segmento no Espírito Santo, o evento movimentou negócios da ordem de R$ 6 milhões. Entre as empresas que prestigiaram estiveram a Atlântica (Renault), Audi Center Vitória, Contauto (Ford), CVC (GM), Prime (Hyundai), Kurumá (Toyota/Lexus), Plena (Kia), Podium (Fiat), Shori (Honda), Vitória Harley Davidson, Vitória Motors (Jeep e Mercedes-Benz) e Vitoriawagen (Volkswagen). O público teve acesso a um atendimento diferenciado, test drive em inúmeros modelos, condições especiais de pagamento e promoções, com direito até a taxa zero. O Vitória Motor Fest nasceu de uma parceria da Rede Gazeta com o Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Espírito Santo (Sincodives).

Toyota faz recall de mais de 538 mil carros

Antecipando-se a problemas e zelando pelos seus consumidores, a Toyota anunciou em abril um grande recall para 538.730 carros, fabricados entre outubro de 2011 e dezembro de 2014. A iniciativa abrange os modelos Corolla (223.518 unidades), Etios (138.346), picape Hilux e utilitário esportivo SW4 (176.866, para ambos). A campanha se deu em virtude da possibilidade de degradação do deflagrador dos air bags depois de grandes períodos de exposição ao calor excessivo, além de variações bruscas de temperatura e umidade. Os proprietários poderão entrar em contato com a rede de concessionárias Toyota para agendamento prévio. As revendas autorizadas estão listadas no site www.toyota.com.br.

100% dos veículos serão incluídos na etiquetagem

Mudança na 9ª etapa do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBVE), que identifica anualmente a partir de um relatório divulgado pelo Inmetro o nível de consumo e de emissões dos veículos vendidos no Brasil. O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) anunciou que, a partir deste ano, todos os modelos passarão a apresentar a etiqueta. Ainda no primeiro semestre, 87 modelos serão incluídos no programa, que classifica de acordo com faixas coloridas em escala de A (mais eficiente) até E (menos eficiente).

Abril tem a maior média diária de emplacamentos do ano

Além da venda de 152.380 unidades, o mês de abril registrou a média diária de emplacamentos mais alta do ano e a terceira melhor dos últimos 16 meses, com 8.465 licenciamentos/dia, volume 5,9% superior ao de março. A notícia anima o setor, mesmo com a queda nas vendas de veículos leves, que encolheram 17,1% na comparação com março e 3,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. A queda, dizem os especialistas, se deu em razão do mês mais curto – apenas 18 dias úteis – por causa dos feriados. A boa média pode sinalizar uma recuperação do setor, tão atingido durante a crise econômica desde 2015.

 

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome