Projeto de lei prevê redução na jornada de trabalho da Guarda Municipal

Foto: Divulgação/ PMVV

O projeto visa a reduzir a carga horária dos agentes para que tenham mais tempo para o lazer

O prefeito de Vila Velha, Max Filho, encaminhou à Câmara Municipal, nesta segunda-feira (12), um projeto de lei que reduz a escala especial de agentes da Guarda Municipal de seis para quatro horas.

O projeto surgiu após um acordo realizado entre o Executivo Municipal e representantes do Sindicato dos Servidores das Guardas Civis Municipais do Espírito Santo (SIGMATES), e foi assinado por Max Filho, em cerimônia na sede administrativa da prefeitura, em Coqueiral de Itaparica.

A propositura encaminhada à Câmara Municipal altera dispositivos da Lei Municipal 5.476/2013 ao estabelecer a redução da jornada de trabalho extra sob a justificativa de torná-la menos cansativa para que os agentes da Guarda Municipal tenham mais tempo para o lazer.

Na ocasião, o prefeito Max Filho disse que mesmo diante de um cenário de crise no país, a Administração sinaliza com gesto que vai beneficiar os agentes da Guarda Municipal. “Estamos construindo novas possibilidades para que possamos, mais adiante, dar passos mais ousados com novas conquistas”, acrescentou.

“Trata-se de uma reivindicação justa, após um trabalho brilhante nos momentos difíceis pelos quais passamos. O município está aberto e nós vamos continuar dialogando”, afirmou o vice-prefeito Jorge Carreta.

Já o vice-presidente do SIGMATES, Gelcimário Norata da Silva, informou que o projeto era aguardado com muita ansiedade pelos agentes. “Esse momento é o ponta pé inicial de outros projetos em benefício da Guarda Municipal”, avaliou.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome