Raul Jungmann será o novo ministro de Segurança Pública

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O general Joaquim Silva e Luna assumirá o cargo de secretário-geral da Defesa. Ele foi chefe do Estado Maior do Exército e é general do Exército da reserva

O presidente Michel Temer escolheu nomear Raul Jungmann como o novo ministro de Segurança Pública. De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, a decisão será anunciada oficialmente nesta segunda-feira (26), e o novo ministério será criado em caráter de medida provisória.

Com a ida de Jungmann para o novo ministério, assume a pasta da Defesa o general Joaquim Silva e Luna, como secretário-geral. Luna foi chefe do Estado Maior do Exército e é general do Exército da reserva.

Em entrevista à rádio Bandeirantes, Temer explicou que o ministério vai coordenar as ações de segurança pública em todo o país, o que, segundo ele, nenhum governo federal quis fazer até agora.

“Esse ministério vai fazer reuniões permanentes com governadores e secretários de segurança e vai coordenar a área de inteligência, porque também não basta colocar policial na rua com fuzil, precisa desbaratar o crime organizado”, afirmou o presidente.

Temer também destacou que a nova pasta pode implicar em mais gastos para administração pública, mas isso se justifica pela importância do trabalho a ser feito na área da segurança. Entretanto, o ministério é visto como uma medida para reforçar a segurança pública. A primeira foi a intervenção na segurança do Rio de Janeiro.

Reunião

O presidente Michel Temer recebeu neste domingo (25), no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, quatro ministros a fim de debater “assuntos variados”, de acordo com nota da Presidência da República.

A nota informou que fez parte do encontro desdobramentos da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, bem como detalhes sobre o novo Ministério de Segurança Pública.

Participaram da reunião os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Especial da Presidência), Raul Jungmann (Defesa) e o general Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional) e Torquato Jardim (Justiça). O deputado Darcísio Perondi (MDB-RS) também participou do encontro.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!