Produto químico usado em batatas fritas pode curar calvície, diz estudo

Foto: Reprodução

O estudo permitiu a criação de 5 mil folículos de cabelo simultaneamente. Resultado é considerado promissor

Um estudo da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão, concluiu que o produto usado na composição das batatas fritas da rede de fast food McDonald’s pode ser utilizado na cura da calvície. Segundo o jornal “Daily Mail”, o “item secreto” da pode fazer com que surjam novos folículos capilares.

Testes realizados em laboratório com ratos deram resultado positivo. Os roedores ganharam folículos capilares novos que, em poucos dias, produziram pelos, com textura e coloração naturais.

O agente químico é o dimetilpolissiloxano, que é acrescentado às batatas do McDonald’s para que, quando são fritas, não façam espuma ou espirrem o óleo. De acordo com a rede, não há presença dessa composição em nenhum ingrediente de seus alimentos.

Porém, o cientista e professor Junji Fukuda afirma que o agente poderá melhorar as técnicas capilares atuais da medicina regenerativa, principalmente nos homens. Ele contou que o agente é muito permeável ao oxigénio e, por isso, permitiu a criação de 5 mil folículos de cabelo simultaneamente.

“É uma técnica muito promissora. O cabelo regenerado tem o ciclo de vida de um cabelo normal. Todos os testes indicam que vai funcionar com células humanas também”, concluiu ele.

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!