Produção de veículos cresce 28,5% no acumulado do ano

veículos
Foto: Comunicação Volkswagen do Brasil

De acordo com a Anfavea, o crescimento pode ser justificado por diversos fatores como redução do desemprego, inflação em baixa e queda da taxa de juros

Os números da indústria automobilística neste mês de outubro foram bastante positivos para muitas fábricas espalhadas pelo país. De acordo com um balanço da Associação dos Fabricantes de Veículos (Anfavea), foram produzidos 2,24 milhões de carros nos primeiros dez meses do ano, volume 28,5% maior que o registrado no mesmo período de 2016, quando 1,74 milhão de unidades foram entregues. Na comparação entre os meses de outubro de 2016 e 2017, o crescimento foi ainda mais significativo, com uma elevação de 42,2%.

Uma retomada que também pode ser vista nos licenciamentos de veículos novos, com um salto de 9,3% nas vendas. Segundo o levantamento, foram emplacados 1,82 milhão de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus entre janeiro e outubro, alta razoável em relação aos 1,67 milhão em 2016. Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, a avaliação é muito positiva.

“Foi o segundo mês deste ano que superou a casa das 200 mil unidades comercializadas e o melhor outubro desde 2014. Além disso, o ritmo médio diário de vendas se mantém acima das 9,5 mil unidades, mais um sinal da retomada da confiança diante de indicadores econômicos positivos, como redução do desemprego, inflação em baixa e queda da taxa de juros”, revelou.

O setor de exportações de veículos foi outro que apresentou resultados bastante expressivos, com um avanço de 56,7% no total de unidades enviadas ao exterior entre janeiro e outubro deste ano (627.820 em 2017 x 400.623 em 2016). Apenas em outubro 61,6 mil veículos foram enviados para outros países, acréscimo de 66,6% ante as 36,9 mil de igual período do ano anterior e de 2,5% frente as 60,1 mil de setembro deste ano.

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome