Previsão para safra de grãos 2017/2018 é de queda

Safra de grãos
Foto: Reprodução

A Conab divulgou uma estimativa de redução de até 6% na colheita de grãos, puxados pela soja e pelo milho.

O levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostra que a safra de grãos 2017/2018 deve registrar redução de 4,3% a 6% em relação à safra anterior. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (10). A projeção é que o país produza entre 224,1 e 228,2 milhões de toneladas. A safra 2016/2017 foi de 238,5 mi de toneladas.

A Conab avalia que as condições climáticas foram altamente favoráveis e contribuíram para a safra passada alcançar recorde histórico. Isso não deve acontecer novamente e, por isso, há a expectativa de redução.

As informações da Agência Brasil mostram que a soja e o milho continuam como as principais culturas. Juntas, devem responder por até 89% do total produzido. Por outro lado, produtos como algodão, feijão preto, girassol e mamona deverão aumentar sua produção.

A pesquisa foi feita nos principais centros produtores de grãos do país, entre os dias 24 e 29 de setembro. A previsão se baseia nas análises estatísticas das séries históricas e dos pacotes tecnológicos utilizados nos últimos anos, uma vez que o plantio das culturas de primeira safra começou há pouco.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome