Lei que iguala premiação esportiva entre homens e mulheres é sancionada

(Fotografia - Internet)

A solenidade contou com várias representantes de categorias esportivas e atletas capixabas

O governador Paulo Hartung sancionou, nesta segunda-feira (05), a Lei n° 10.916/2018, que determina a igualdade no pagamento de premiações para homens e mulheres, em eventos esportivos no Espírito Santo. A Lei, de autoria do Executivo Estadual, prevê a equiparação em todas as competições com apoio do Governo do Estado.

Paulo Hartung agradeceu a presença das atletas e destacou que, além da mudança na premiação, há a necessidade de a sociedade avançar ainda mais em temas relacionados a igualdade de gênero. Hartung citou como exemplo a importância de igualar o salário entre homens e mulheres.

(Fotografia – Leonardo Duarte)

“Essa lei que sancionamos hoje foi enviada para a Assembleia Legislativa e aprovada. A sanção, que já seria importante em qualquer tempo, é ainda mais neste cenário que estamos vivenciando, em que existe a iminente preocupação com os valores democráticos e direitos de igualdade. Hoje celebramos um ato importante para mantermos as conquistas que a sociedade adquiriu após o regime de exceção. Fico feliz por termos avançado neste movimento iniciado por vocês e que pudemos ajudar”, destacou o governador.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Marcelo Coelho, foi um dos interlocutores com as federações esportivas para que a ação recebesse divulgação entre os atletas e paratletas.

“É um momento único e pioneiro. O movimento criado pelo governador Paulo Hartung já está sendo copiado por outros Estados. Atendemos nossas atletas e reforçamos o coro de que estamos no momento em que todos devem ser tratados em igualdade de condições. Muitas vezes o local de competições é o mesmo, a ferramenta de trabalho é igual, as regras também. Então não se deve tratar diferente na hora de premiar e reconhecer a conquista”, destacou o secretário.

A Lei foi motivada durante o anúncio da terceira etapa do Circuito Nacional de Bodyboarding, realizada em Vila Velha, no mês de agosto. Naquela ocasião, a Confederação Brasileira da modalidade anunciou premiação de R$ 10 mil ao vencedor da categoria principal masculina, mas de R$ 5 mil à ganhadora da categoria feminina.

De imediato o secretário Marcelo Coelho reuniu a direção da Confederação e as atletas no intuito de rever a decisão. O governador Paulo Hartung, ao lado de Coelho, recebeu as atletas no Palácio Anchieta e anunciou a decisão de igualar a premiação e se comprometeu em criar um projeto de Lei para equiparação de premiações em campeonatos futuros, em todas as modalidades.

*Da redação com informações do Governo do Estado

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!