Polícia Federal indicia Haddad por praticar caixa 2 em 2012

Fernando Haddad
Foto: Agência Brasil

As investigações partiram de dentro da Operação Lava Jato e estão baseadas na delação premiada do empresário Ricardo Pessoa, da UTC.

A Polícia Federal indiciou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) por causa da prática de caixa 2 nas eleições de 2012. Outros seis nomes também foram indiciados, entre eles o ex-tesoureiro de campanha do PT, João Vaccari Neto.

A ação da PF é feita dentro da Operação Lava Jato. A ligação com o caso se deu após a homologação feita pelo Supremo Tribunal Federal da delação premiada de Ricardo Pessoa. Ele é sócio da empreiteira UTC e disse que o ex-tesoureiro o procurou para pagar uma dívida de R$ 3 milhões com uma gráfica.

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!