Parque Tecnológico: sinal verde para obras do Centro de Inovação

Centro de Inovação do Parque Tecnológico/Perspectiva

O objetivo é atender empresas de base tecnológica, como laboratórios, agentes de fomento à ciência, incubadoras e empresas de software.

As obras do Centro de Inovação, primeiro prédio do Parque Tecnológico de Vitória, em Goiabeiras, devem durar 15 meses. O valor investido ultrapassa o total de R$ 5,4 milhões para a construção de três pavimentos numa área de mais de dois mil metros quadrados. A solenidade que marca o início dos trabalhos acontece nesta segunda-feira (25), às 19 horas, na praça Três de Maio.

O Centro de Inovação é o ponto de partida de uma proposta inovadora e contribuirá para o desenvolvimento sustentável de Vitória. O empreendimento será voltado para empresas de base tecnológica. Entre elas estão laboratórios, empresas de certificação de produtos, agentes de fomento à ciência, incubadoras e empresas de software.

A produção será destinada às empresas locais de petróleo, games, celulose e minério de ferro. A expectativa é de expandir para o mercado externo focado na robótica, biotecnologia e nanotecnologia.

Vocação

As novas vocações da Capital serão a tecnologia e os processos inovadores.  Essa é a aposta do presidente da Companhia de Desenvolvimento de Vitória (CDV), José Vicente Pimentel.

“Conversamos com todos os setores capixabas que serão parceiros nesse novo polo de desenvolvimento e sustentabilidade. Todos concordam que é desejável e necessário criar um novo futuro com oportunidades de trabalho, renda e arrecadação baseadas em produtos e serviços de alto valor agregado”, afirmou José Vicente.

Confira a galeria de fotos da solenidade

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome