Serra: Parque da Cidade com mais árvores nativas

O Parque da Cidade terá mais exemplares da árvore que deu o nome do nosso país: o Pau-Brasil (Fotografia - iStock)

Além de mais árvores, o ponto de lazer do município da Serra está passando por ampliação

As obras de expansão do Parque da Cidade, na Serra, estão deixando o ponto de lazer ainda mais bonito para o seu visitante. Como parte das ações de melhoria, o local acolherá 500 novas árvores ainda este ano. Foram escolhidas exemplares de plantas nativas como Ipê, Pau-Brasil, Pau-Ferro, Quaresmeiras e Pata-de-Vaca.

Para que ação ambiental fosse possível, a prefeitura contratou um serviço de supressão de espécies de árvores exóticas e invasoras. A supressão foi devidamente autorizada pelo órgão responsável, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf).

A secretária de Meio Ambiente, Áurea Galvão, explica que essa é uma ação de recuperação e enriquecimento ambiental da área. “As árvores exóticas prejudicam o crescimento da vegetação nativa, não contribui para a fauna local e nem para a infiltração adequada de água no solo. Além disso, com esse plantio também estamos preservando o entorno do córrego Laranjeiras”, afirmou.

Parque da Cidade

Localizado na divisa entre Laranjeiras e Valparaíso, o Parque da Cidade reúne, em uma área de 115.180 m² , duas quadras poliesportivas, quadra de tênis, campo de futebol soçaite; pista de skate, playground, ciclovia e pista de caminhada. Aberto todos os dias das 6h às 21h, o complexo possui ainda o Centro de Estudo, destinado à educação ambiental, onde o visitante encontra bromeliário e viveiro de plantas (ornamentais, da Mata Atlântica, carnívoras/insetívoras, bioativas e sensitivas), destinados à arborização do local e da escolas e praças da Serra, podendo ser também utilizados em programas para reflorestamento.


LEIA MAIS
Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!