Nasa e Uber fecham parceria para criar táxis aéreos

táxis

A expectativa é que os testes com o UberAIR comecem a ser feitos em Los Angeles ainda em 2020. Outras cidades também devem receber o projeto, como Dallas e Dubai

O Uber e a Nasa fecharam um acordo para desenvolver um software de gerenciamento de rotas aéreas para táxis voadores. A empresa, que já falava sobre esta possível inovação em seu serviço de ride-sharing, anunciou a parceria nesta quarta-feira (08), durante conferência anual de internet em Lisboa.

Chamado de Ato Espacial, o acordo entre a companhia e a agência espacial americana busca trabalhar em conjunto (inclusive com outros parceiros) para criar veículos voadores de baixas altitudes que sejam seguros e viáveis.

A expectativa é que o UberAIR seja lançado em Los Angeles em 2020. Rumores apontam que os táxis voadores viriam para substituir os helicópteros, sendo menos perigosos, barulhentos  e caros para voar em distâncias curtas e ambientes urbanos. O projeto também está previsto para ser implantado em Dallas e Dubai.

A frota de táxis aéreos deverá ser totalmente elétrica e com a possibilidade de voar mesmo se algum componente individual falhar. Quanto aos valores a serem cobrados, a ideia é que os preços sigam o mesmo padrão do Uber X. A empresa planeja introduzir serviços de táxis voadores pagos a partir de 2023.

Conheça a proposta:

LEIA TAMBÉM:
Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome