Operação contra ação criminosa em postos de combustível é deflagrada hoje

Foto: Divulgação / MPES

A operação “Lidima” contou com o apoio do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc) e o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES)

Uma operação para desarticular uma organização criminosa atuante no setor de combustíveis no Espírito Santo foi deflagrada nesta segunda-feira (03). Intitulada como “Lidima”, a operação foi organizada pelo Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES).

Além disso, a operação contou com o apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES (NI-AMMP), da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Polícias Civis dos Estados de São Paulo e Espírito Santo, bem como da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-ES) e da Receita Federal do Brasil.

A operação Lidima contou com o apoio da Gaeco, do Nuroc e da PMES. – Foto: Divulgação / MPES

Participam da operação no Estado quatro delegados capixabas, cinco promotores de Justiça do Gaeco, 84 policiais civis capixabas, oito peritos oficiais criminais, 23 policiais militares da Assessoria Militar do MPES, 16 policiais militares com viaturas caracterizadas das unidades da PM (4º, 6º e 7º BPM e da 12ª Companhia Independente), oito fiscais da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), 28 auditores da Sefaz-ES e sete profissionais da Receita Federal, além de equipes da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!