Lava Jato: Marcelo Odebrecht confirma repasse a ex-presidente do BB

Marcelo Odebrecht
Foto: Agência Brasil/Arquivo

O empresário fez declaração ao juiz federal Sérgio Moro nessa quinta-feira (9) e revelou a quantia de dinheiro autorizada para Aldemir Benine.

Marcelo Odebrecht afirmou em depoimento que autorizou repasse de R$ 3 milhões a Aldemir Bendine. O empresário e o ex-presidente do Banco do Brasil (BB) e da Petrobras são acusados de crime de corrupção.

Odebrecht é delator das investigações da Operação Lava Jato. Ele fez a declaração ao juiz

Marcelo Odebrecht
Foto: Reprodução/Vídeo

federal Sérgio Moro nessa quinta-feira (9). As informações são da Agência Brasil. O empresário disse que autorizou o ex-diretor da empresa, Fernando Reis, a fazer os repasses. Marcelo ressaltou que os pedidos de pagamento não foram feitos diretamente a ele pelo ex-presidente do BB. Os valores estão relacionados a financiamentos que estavam em tramitação no Banco do Brasil e de contratos na Petrobras.

“Eu autorizei Fernando a ir pagando – ‘administre com André [intermediador], vá pagando e nós vamos avaliando’. Eu não me lembro de ter dito R$ 3 milhões, R$ 2 milhões, R$ 4 milhões. E aí, Fernando deve ter acertado R$ 3 milhões”, disse.

Aldemir Bendine esteve à frente do Banco do Brasil de abril de 2009 a fevereiro de 2015. Já na Petrobras, ele esteve até maio de 2016. Além da delação de Odebrecht, ele foi citado como beneficiário de pagamento de vantagens indevidas no depoimento de Fernando Reis.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome