Sebrae-ES terá novo comando nos próximos anos

Pedro Rigo (Fotografia - Arquivo Next Editorial)

A votação aconteceu na última quinta-feira (13), na sede da instituição, em Vitória

Na última quinta-feira (13) foram eleitos o novo presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Espírito Santo (Sebrae/ES) e a diretoria executiva da instituição. Para a presidência do CDE foi eleito Carlos Manato, enquanto a superintendência será ocupada por Pedro Rigo. José Eugênio Vieira é o diretor técnico eleito e Luiz Henrique Toniato foi escolhido para diretor de atendimento. Os mandatos são válidos para os próximos quatro anos e posse ocorrerá no início de janeiro. Sendo assim, os anteriores titulares dos cargos permanecerão exercendo suas funções em caráter excepcional e transitório até a posse.

Para o atual presidente do CDE, Marcos Guerra, quem ganha com o resultado dessa eleição são os empresários. “As micro e pequenas empresas são responsáveis por 97% dos empregos formais do Brasil, além dos microempreendedores individuais, que têm uma importância muito significativa para nossa economia. E o Sebrae, que atua junto a esses empresários, terá agora uma aproximação muito grande com o novo presidente de república, o que é muito positivo. Também teremos uma aproximação importante com a segunda maior bancada federal, porque o Manato tem esse vínculo com os deputados. Poderemos ter resultados ainda melhores aqui para os empresários capixabas”, afirmou.

O presidente eleito, Carlos Manato, agradeceu aos conselheiros pelo voto de confiança e pediu união para trabalharem juntos. “Convido a todos os conselheiros, que representam as federações, as instituições, para nos unirmos em prol das micro e pequenas empresas do Espírito Santo. Essa semana ajudei a aprovar o Projeto de Lei Complementar (PLP) 420/14, que favorece as MPE e quero ser um grande elo do Sebrae Nacional, do Sebrae Estadual e dos empresários capixabas com o governo federal, já que serei secretário da Casa Civil. Com o apoio de todos, quero estudar um novo modelo de gestão, junto também à nova diretoria executiva, em termos de enxugamento de gastos e transformar esses recursos em investimento em prol das MPE”, garantiu Carlos Manato.

Carlos Manato foi eleito presidente do Conselho de Administração (Fotografia – reprodução)

Os eleitos atuarão em substituição a José Eugênio Vieira, Ruy Dias de Souza e Benildo Denadai, antigos superintendente, diretor de atendimento e diretor técnico, respectivamente.

Como funcionou a votação

A votação para eleição do presidente do CDE, dos membros do conselho fiscal e da diretoria foi realizada em reuniões extraordinárias, sendo a primeira destinada à eleição do presidente e a segunda à eleição dos membros da diretoria executiva.

Ambas as votações foram nominais e abertas, com 13 votos, sendo uma de cada entidade que compõe o CDE do Sebrae/ES. Para ser eleito, o candidato teve que alcançar o voto concorde de, do mínimo, sete conselheiros.

Quem votou

Os representantes da entidades associadas do Sebrae/ES que compõem o CDE são:

Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes); Banco do Brasil S/A; Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo S/A (Bandes); Caixa Econômica Federal (CEF); Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes); Federação da Agricultura do Estado do Espírito Santo (Faes); Federação do Comércio do Estado do Espírito Santo (Fecomércio); Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Espírito Santo (Faciapes); Instituto de Desenvolvimento Industrial do Espírito Santo (Ideies); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes); Federação das Empresas de Transportes do Estado do Espírito Santo (Fetransportes); e Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Espírito Santo (OCB/ES).

CDE

O Conselho Deliberativo Estadual (CDE) é o órgão máximo do Sebrae/ES e é responsável por traçar as políticas e as estratégias gerais de atuação, instituindo normas e orientando o trabalho de todo o conjunto.

O presidente do CDE é eleito pelo próprio conselho, sendo escolhido entre um dos seus integrantes titulares para um mandato de quatro anos. É também o Conselho Deliberativo Estadual que elege a diretoria executiva, igualmente para mandato de quatro anos, sendo renovável.

O CDE possui membros, que representam o Sebrae Nacional, instituições financeiras, de ensino e pesquisa, de tecnologia, comércio, serviços, indústria, agricultura, transportes, cooperativismo e Governo Estadual.

Conheça os eleitos

Presidente do CDE
Carlos Manato
Formado em Medicina, foi deputado federal por quatro mandatos, e foi secretário na Prefeitura da Serra por dois anos. Foi diretor de alguns dos principais hospitais do Estado: Grupo Metropolitano e Hospital Estadual Dório Silva. Também atuou como professor da Emescam, médico do Hospital Evangélico e médico aprovado em concurso público do Governo do Estado do Espírito Santo.

Superintendente
Pedro Rigo
Administrador e empresário de microempresa, na Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) ocupou o cargo de relações institucionais. Também foi secretário Desenvolvimento Econômico de Cariacica, e foi diretor da Companhia de Desenvolvimento desse município. No Governo do Estado, foi diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes); gestor e coordenador do processo de elaboração e aprovação da lei estadual de incentivo às micro e pequenas empresas (LC 618/2012); presidente do Fórum Capixaba das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Microempreendedores Individuais (Focampe); presidente do Comitê Gestor Estadual da Redesim – Cogesim; e membro do Conselho do Fundap Social, entre outros.

Diretoria de Atendimento
Luiz Henrique Toniato
Com formação em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral, há mais de 30 anos é executivo de empresas. É vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes) na atual gestão (2017-2020) e foi superintendente executivo do Centro Tecnológico do Mármore e Granito (Cetemag) por duas gestões. É membro dos conselhos de importantes instituições como Instituto de Desenvolvimento Industrial do Espírito Santo (Ideies) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Diretoria Técnica
José Eugênio Vieira
Bacharel em Economia e especialista em Planejamento Agrícola pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pelo Instituto Agronômico de Montpellier, na França. Participou de importante residência no Ministério da Agricultura em Paris. Foi diretor superintendente do Sebrae/ES de 2011 a 2018, entidade em que também foi diretor de atendimento (2009-2010). Além disso, ocupou 15 secretarias no Governo Estadual. Foi eleito presidente por duas vezes e também interventor do Conselho Regional de Economia, presidente e membro do Conselho de Administração do Banco do Estado do Espírito Santo S/A (Banestes); membro do Conselho de Administração do Banco de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo (Bandes) e membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, entre outros.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!