Nova política de remuneração aos acionistas da Vale

Vale

As determinações são referentes aos repasses semestrais e o valor base para a remuneração, além dos dividendos extraordinários

O Conselho de Administração da Vale aprovou a nova política de remuneração aos acionistas. Entrará em vigor a partir da publicação do resultado do primeiro semestre de 2018. A decisão foi tomada em reunião realizada na última quinta-feira (29).

Segundo a Vale, a política foi elaborada “com o intuito de ser, ao mesmo tempo, agressiva e sustentável por um longo período de tempo”. O objetivo é poder aplicá-la em qualquer cenário de preço, e dando previsibilidade às datas de pagamentos e ao montante a ser distribuído.

Confira a Nova Política de remuneração aos acionistas da Vale:

1) A remuneração ao acionista será composta por duas parcelas semestrais, a primeira em setembro do ano corrente e a segunda em março do ano subsequente.

2) O valor da remuneração será de 30% do EBITDA Ajustado menos Investimento Corrente apurados na demonstração do resultado do primeiro semestre, para a parcela de setembro, e na demonstração do resultado do segundo semestre, para a parcela de março.

3) O Conselho de Administração poderá deliberar sobre remuneração adicional, via distribuição de dividendos extraordinários.

A Vale informa também que o Conselho de Administração poderá declarar juros sobre o capital próprio no mês de dezembro de cada ano, para pagamento em março do ano subsequente. Tais valores serão reduzidos do valor da parcela de março.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!