Ex-presidente da OAB, Agesandro da Costa Pereira morre aos 88 anos

Foto: Reprodução / OAB-ES

O magistrado foi um defensor dos direitos humanos e atuou na luta contra o crime organizado

O ex-presidente da Organização dos Advogados do Brasil (OAB) Espírito Santo, Agesandro da Costa Pereira, faleceu na madrugada desta segunda-feira (28). O magistrado estava internado há alguns dias em decorrência de uma pneumonia.

Por meio das mídias sociais, o governador Paulo Hartung lamentou a morte de Agessandro. “Foi com tristeza que recebi nesta segunda-feira a notícia do falecimento do doutor Agesandro da Costa Pereira. Mais do que um ex-presidente da OAB com atuação notável, Agesandro foi um dos principais líderes da sociedade civil organizada num dos momentos mais difíceis do Estado, quando o crime organizado dominava as instituições”, disse.

O governador ressaltou o trabalho exemplar que o magistrado exerceu nas instituições em que trabalhou. “À frente da OAB e no Fórum Reage Espírito Santo, Agesandro atuou de forma essencial para o resgate das instituições públicas e contribuiu para a virada de página do Estado como um militante ativo da ética e legalidade. Agesandro, sem dúvida, entra para a história do nosso Estado como um importante defensor das instituições democráticas. Perdi um grande amigo. Sou admirador da sua trajetória e do trabalho que realizou a favor dos capixabas”, destacou.

O atual presidente da OAB-ES, Homero Mafra, também se manifestou, afirmando que a entidade “perdeu um homem extraordinário que, como poucos, viveu os princípios da Ordem e da Advocacia”.

Já o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), Annibal Rezende Lima, afirmou que o Espírito Santo perdeu um advogado combativo. “Agesandro da Costa Pereira fez da advocacia e do magistério uma forma admirável de combate às mazelas sociais. […] Demonstrou todo o seu vigor cívico e intelectual, além de uma coragem pessoal impressionante. A morte de Agesandro da Costa Pereira, por quem eu tinha grande apreço e admiração, abre uma imensa lacuna na vida pública capixaba e nos inspira a todos na perseverança de seus ideais. Agesandro da Costa Pereira foi, sem dúvida, um verdadeiro “Varão de Plutarco”, fianlizou.

O velório do magistrado está sendo realizado na sede da OAB Espírito Santo, no Centro de Vitória e o sepultamento deve acontecer a partir das 16 horas, no cemitério Jardim da Paz, na Serra.

Agesandro Costa Pereira

O magistrado foi homenageado pela OAB em 2008 com a Medalha Rui Barbosa, mais alta honraria concedida pela OAB. Agesandro foi um defensor dos direitos humanos e liderou a sociedade civil capixaba em um dos momentos mais duros de nossa história, na luta contra o crime organizado.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!